Ciências Sociais / As Cinco Fases Do Ciclo Contábil

As Cinco Fases Do Ciclo Contábil

Trabalho Universitário: As Cinco Fases Do Ciclo Contábil
Buscar 155.000+ Trabalhos e Grátis Artigos

Enviado por:  kaka1234  30 setembro 2013
Tags: 
Palavras: 517   |   Páginas: 3
Visualizações: 41

As cinco fases do ciclo contábil:

1. Captação

Captação dos atos e fatos que afetam o patrimônio da entidade, isto é, das transações realizadas por ela e dos demais eventos que afetam seu patrimônio, independentemente da ação da entidade, como a inadimplência de seus devedores, a inflação etc.

A captação envolve a análise de documentos (contratos, notas fiscais, recibos, laudos etc.), bem como de eventos macroeconômicos que afetam a entidade.

2. Reconhecimento

O reconhecimento de tais atos e fatos implica em diversas decisões; a primeira delas diz respeito ao reconhecimento, ou não, dos mesmos. Resolvido isso e decidindo-se por reconhecer, surgem as outras questões:

a) Quando? Qual o momento adequado para se reconhecer a transação e o evento?

b) Como? Em que conta? Qual a classificação adequada? Ativo? Despesa? Passivo? Patrimônio Líquido? Receita?

c) Por quanto? Qual o critério adequado de mensuração? Qual o valor? Em que montante o evento e a transação afetaram o patrimônio da entidade?

3. Processo de acumulação

A acumulação consiste na estruturação do banco de dados organizado com todos os registros efetuados (todos os "reconhecimentos"). Atualmente, as empresas utilizam sistemas informatizados, entretanto, nada impede que o façam mecanicamente. A necessidade de disponibilizar informações cada vez mais rápido ao decisor motiva as empresas a adotarem sistemas contábeis informatizados.

4. Sumarização

A sumarização dos dados então processados e organizados pelos sistemas contábeis (informatizados ou não) consiste no resumo dos mesmos, transformando-os em informação útil aos seus usuários. Portanto, o primeiro passo da sumarização é a identificação das necessidades informacionais do usuário; em seguida, são elaboradas as Demonstrações Contábeis (DRE, DMPL, BP DOAR, DFC, DVA, NE) e demais relatórios contábeis (análises, pareceres, laudos, planilhas etc.).

5. Evidenciação

A divulgação é o ato de tornar a informação pública, isto é, levá-la ao con

hecimento dos usuários. Essa evidenciação pode ocorrer pelos mais diversos meios de comunicação: publicação em jornais e no site da entidade; envio por correio, e-mail ou fax.

É comum que o órgão regulador (Banco Central do Brasil, BACEN; Comissão de Valores Mobiliários, CVM; Agência Nacional de Saúde Suplementar, ANS; Superintendência de Seguros Privados, SUSEP; entre outros) exija que as entidades por ele reguladas lhe enviem suas Demonstrações Contábeis.

Todas essas decisões são tomadas pela administração da entidade e pelo seu contador, de acordo com a teoria da Contabilidade, a estrutura conceitual básica da Contabilidade e as demais normas contábeis.

Quanto à sua periodicidade, isto é, quando e como o resultado das operações de uma empresa é integrado ao seu patrimônio, devemos estar atentos ao seu exercício social. Este representa o período que a Contabilidade toma como base para fazer um balanço geral de tudo o que realizou, avaliando a situação do patrimônio e apurando o re ...



Cadastre-se no TrabalhosGratuitos

Cadastre-se no TrabalhosGratuitos - buscar 155.000+ trabalhos e monografias