Ciências Sociais / Delinquência Juvenil

Delinquência Juvenil

Trabalho Escolar: Delinquência Juvenil
Buscar 155.000+ Trabalhos e Grátis Artigos

Enviado por:  Maria  26 novembro 2011
Tags: 
Palavras: 1556   |   Páginas: 7
Visualizações: 174

...

e juvenil e prostituição de crianças e adolescentes. A prostituição infanto-juvenil está calcada na comercialização do corpo como coerção ou escravidão ou para atender às necessidades básicas de sobrevivência. Destacase ainda a necessidade de ações sociais, aí incluindo as da saúde coletiva, para que o tema não fique nas hipérboles dos discursos e dos números; transforme a fala em atitude.

A escola como espaço destinado à educação formal, precisa estar presente, através de todos os seus agentes educacionais, na busca não só de informar, mas também na tentativa de intervir junto aos seus alunos, no que se refere à precocidade cada vez maior de adolescentes que se envolvem no mundo da prostituição.

Assim, o papel da escola passa a ser de suma importância para a mudança de mentalidade das crianças e adolescentes que se entregam à prostituição, e deve estar presente em todas as instâncias de ensino.

Desse modo, cabe também à escola o papel de conscientização e prevenção sobre essa problemática, visto que a influência dos educadores perante aos alunos é considerável. Quando se fala de prevenção no âmbito escolar deve-se considerar, valorizar e investir na formação de profissionais qualificados, bem treinados e habilidosos para lidar com temas específicos e problemáticos.

Deve também buscar envolver o corpo escolar inteiro (não apenas o discente) e colocar a criança e o jovem como participante ativo no processo de elaboração de projetos. Projetos estes que, devem visar à construção de uma identidade pessoal (auto-estima, socialização, disciplina, organização) e participação social (conscientização de papéis sociais e cidadania responsável), utilizando linguagem acessível próxima da realidade vivida por essa clientela.

Prostituição Juvenil no Mundo

Índia - Segundo pesquisas realizadas pela revista Índia Today, atualmente cerca de 500 mil jovens ganham a vida prostituindo, a maioria dessas vivem dentro de bordéis.

México - No México foi constatado, a partir de c

oleta de dados, que em seis diferentes municípios (Acapulco, Cancun, Ciudad Juarez, Guadalajara, Tapachula e Tijuana) aproximadamente 4,6 mil jovens são exploradas sexualmente, embora o número seja bem maior em nível nacional, cerca de 16 mil crianças.

Lituânia – Lituânia, ex-república da União Soviética presente na Europa Oriental, é um país subdesenvolvido que enfrenta também problemas com a exploração infanto-juvenil, estimativas revelam que de 20% a 50% do total de prostitutas que atuam no país são jovens, em ações feitas pela polícia local em prostíbulos e bordéis foram encontradas crianças entre 11 e 12 anos, além disso, em alguns orfanatos as crianças participam da elaboração de filmes pornográficos.

Camboja – Uma pesquisa realizada através de entrevistas pela ONG Human Rights Vigilance com 6.110 prostitutas no Camboja, apresentou dados que afirmam que 31% delas possuíam idade entre 12 e 17 anos.

Em vários países asiáticos como, por exemplo, Índia, Myanmar, Nepal e Paquistão, ...



Cadastre-se no TrabalhosGratuitos

Cadastre-se no TrabalhosGratuitos - buscar 155.000+ trabalhos e monografias