Filosofia / Patristica e Escolastica

Patristica e Escolastica

Monografias: Patristica e Escolastica
Buscar 155.000+ Trabalhos e Grátis Artigos

Enviado por:  Maria  24 dezembro 2011
Tags: 
Palavras: 1577   |   Páginas: 7
Visualizações: 135

...

dade, durante cerca de um milênio, a Europa medieval passou por lentas mudanças econômicas e políticas que, no entanto, prepararam o caminho da modernidade.

Educação da idade média

Como já foi citado quem controlava a educação era o clero católico. No século IX, fundaram-se escolas junto as catedrais. Logo em seguida, vieram as universidades. Sendo que algumas delas são conhecidas até hoje, com exemplo: Oxford e Cambrigde. Mas em todas as faculdades da época , a influência da igreja era forte. As aulas eram ministradas em latim, e algumas das matérias de estudo eram: teologia ( filosofia),ciências, letras, direito e medicina.O curso era composto pelo triarium, nesta se ensinava gramática, retórica e lógica; o quadriarium, esta parte ensinava aritmética, geometria, astronomia e música.

No final do curso , os alunos já podiam se preparar profissionalmente nas "escolas de artes liberais", ou continuar nas áreas da medicina, direito ou teologia.As universidades tinham vários privilégios como: ensinar seus graduados, isenção de impostos , isenção do serviço militar, além do direito de julgamento especial em foro acadêmico para seus membros. Estas vantagens eram sempre garantidas ou pelo imperador ou pelo Papa, que na época eram as maiores autoridades.

A Patrística na Educação

"A Patrística baseada em Platão, foi uma das primeiras formas de cultura e educação na Alta Idade Média" (MOSER, 2008), como é visto a Patrística foi uma das primeiras correntes a ensinar na Idade média, era uma filosofia que surgiu como forma de evitar heresias, essa forma de combater as religiões pagãs fez com que os padres tivessem que buscar argumentação nos fundamentos filosóficos gregos "extraindo dela argumentação que justificasse a interpretação pagã da nova religião/ filosofia." (MOSER, 2008)

"A patrística auxilia a exposição racional da doutrina religiosa, preocupando-se principalmente com a relação entre fé e ciência, com a vida moral, com a

natureza de Deus e da alma." (SCHINEIDER, 2007), ou seja, une a fé com a ciência, de grosso modo faz a fé (religião) ter base na filosofia e até nas ciências.

O maior nome desta corrente é Santo Agostinho, que unia a filosofia e a religião, com isso formando sua própria filosofia que se baseava em conhecimento, a sabedoria, e a amizade.

Agostinho colaborou na educação para o reconhecimento de que, paralelamente à conquista do domínio dos conteúdos, o aluno precisa ser orientado a relacionar esse conhecimento a uma realidade maior onde se torna indispensável à formação de valores que prezam a integração e a verdade.

A escolástica na educação

O ensino escolástico na época medieval contribuiu para a manutenção do poder da Igreja Católica em relação a formação não só eclesiástica pois versava por interligar a fé a razão. Acabou simultaneamente por gerir através das escolas monásticas e catedralísticas a produção filosófica e literária a mentalidade medieval em suas relaç ...



Cadastre-se no TrabalhosGratuitos

Cadastre-se no TrabalhosGratuitos - buscar 155.000+ trabalhos e monografias