História / Sabinada

Sabinada

Pesquisas Acadêmicas: Sabinada
Buscar 155.000+ Trabalhos e Grátis Artigos

Enviado por:  abigailbastos  01 setembro 2013
Tags: 
Palavras: 398   |   Páginas: 2
Visualizações: 21

A Sabinada foi uma revolta ocorrida na Bahia durante o período Regencial.

Causas do Movimento:

Dom Pedro I abdicou do cargo de Imperador em 1931 e seu sucessor, seu filho Dom Pedro II, tinha idade insuficiente para assumir o cargo. Dessa maneira foi instaurado o Período Regencial, que foi marcado por vários conflitos e questionamentos sobre a centralização monárquica no País.

No período, também, cresceu a insatisfação dos Brasileiros para com os Portugueses que aqui viviam. Estes últimos controlavam a maior parte do comércio e ocupavam a maior parte dos cargos administrativos, políticos e militares, da coroa. Essa insatisfação tinha como objetivo permitir aos brasileiros um maior controle de suas terras. Afinal, a Independência já havia ocorrido faz tempo e os Portugueses ainda tinham grande importância no País, tendo uma opinião de peso no que diz respeito a que rumos o Brasil teria que seguir.

Origem:

A Sabinada, nome da revolta que tem origem no médico e jornalista Francisco Sabino Vieira, ocorreu em Salvador, Bahia. E teve como objetivo a busca por uma autonomia política e a Independência da Bahia.

Sabino e seus seguidores proclamaram a República no dia 7 de novembro de 1837, rompendo assim com o governo imperial da época. Desobedecendo a regência e propondo apenas conversar com o Imperador, Dom Pedro II, quando tivesse idade suficiente para assumir seu cargo.

O movimento foi se expandindo gradativamente e ganhando cada vez mais adeptos.

Sabino, que liderava o movimento, era a favor de um estado Republicano na Bahia e defendia que seu Presidente fosse Inocêncio da Rocha Galvão, que estava exilado nos Estados Unidos. Dessa maneira, constituíram toda uma organização administrativa de um Estado Republicano na Bahia.

Salvador foi completamente dominada durante quatro meses, até março de 1838. Mas o movimento não teve o apoio da classe mais baixa da sociedade, os escravos, e nem pela elite, sendo um movimento tipicamente de classe médi

a.

Desfecho:

Sem contar com o apoio dessas duas classes importantes da sociedade brasileira, o Governo Imperial agiu com grande repressão. Mais de cinco mil pessoas foram mortos, além dos capturados, que foram julgados e sofreram grande crueldade.

Com a repressão, vários líderes da Sabinada morreram. Francisco Sabino ficou preso na Fazenda Jacobina, em Mato Grosso. Outros líderes que conseguiram escapar integraram, mais tarde, a Revolução Farroupilha no sul do País.

Assim, em março de 1838, terminava mais uma rebelião que tinha como um ideal separatista do Estado da Bahia para com o Império Brasileiro. ...



Cadastre-se no TrabalhosGratuitos

Cadastre-se no TrabalhosGratuitos - buscar 155.000+ trabalhos e monografias


Artigos Relacionados