Outras / ATPS DE FUND. HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SS II

ATPS DE FUND. HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SS II

Exames: ATPS DE FUND. HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SS II
Buscar 155.000+ Trabalhos e Grátis Artigos

Enviado por:  SilvaniaNunes  20 junho 2013
Tags: 
Palavras: 3293   |   Páginas: 14
Visualizações: 286

FUNDAMENTOS HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICOS DO SERVIÇO

SOCIAL II

ITAPIPOCA – CE

ABRIL DE 2013

ETAPA 1 - PASSOS 1 E 2

A profissão do serviço social surgiu através da igreja católica. As primeiras escolas

eram formadas por cristãos e jovens de classe alta que buscavam obter uma profissão

com remuneração e gratificação pessoal. Por muitos anos a classe buscou promover uma

profissão no intuito de melhores condições ao próximo, que pudesse haver um meio que

dignasse o ser humano na sua sociedade, o resgate do seu eu. É preciso um olhar mais

amplo dos governantes na causa da profissão do serviço social, é preciso buscar e

quebrar barreiras para que tenhamos possibilidades de exercer com mais vigor essa

profissão na qual é de mera importância no desenvolvimento social humano.

Os primeiros passos para o movimento de reconceituação, foram movidos pelos

impactos das teorias e tentativas de praticas desenvolvimentalistas. O encontro de Araxá

MG (1967) reunindo 38 assistentes sociais e não-docente promovido pelo Centro

Brasileiro de Cooperação e Intercambio de Serviços Sociais (CBISS) .

O serviço social caracteriza pela ação junto aos indivíduos com desajustamentos

familiares sociais que decorrem muitas vezes de estruturas sociais inadequadas. O

documento entende-se a estrutura social como facilidades básicas, programas de saúde,

educação, habitação e serviços sociais fundamentais. Algo significativo é a vontade da

profissão onde os assistentes sociais não sejam mais meros executores das políticas

sociais, sejam capazes, sobretudo de formulá-las e gerí-las.

Em Teresópolis (1970) houve mais um dos encontros sobre metodologia com

repercussão em toda América latina. Abordando a redefinição do papel do assistente

social ao situá-lo um funcionário de desenvolvimento, Teresópolis propõe a redução

quanto à própria condição funcionaria do profissional, ele é investido de um estatuto

básico de execução, com a consequente valorização da ação prática imedia

ta.

Oito anos depois (1978) em Sumaré (SP) houve mais um encontro com o desafio,

foi de descobrir a construção do objeto do serviço social mediante um enfoque dialético

que incorpore uma dupla perspectiva da ciência e dos modos de produção das formações

sociais e das conjuntivas políticas.

A ruptura com o serviço social tradicional expressa rompimento das amarras

imperialistas, disputa pela libertação nacional e de transformação de estrutura

capitalista, concentradora e explorada.

O homem oprimido é que provocou a ação profissional, os objetivos de trabalho

serão: a organização, a conscientização, a politização, a mobilização e a participação do

individuo em busca da libertação. O objetivo geral do serviço social é a ação libertadora

e transformação do sistema de denominação e que se constituem em finalidade.

Aos desafios, leva-se em conta que não se tem apropriado ou não estão se

apropriando do referencial teórico com qualidade para uma analise teórico – critica da

soci ...



Cadastre-se no TrabalhosGratuitos

Cadastre-se no TrabalhosGratuitos - buscar 155.000+ trabalhos e monografias