Trabalho Completo Após A Revolução Industrial, No século XVIII, A Contabilidade Adaptou às Empresas Industriais Os Mesmos Conceitos Utilizados Nas Comerciais

Após A Revolução Industrial, No século XVIII, A Contabilidade Adaptou às Empresas Industriais Os Mesmos Conceitos Utilizados Nas Comerciais

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Ciências

Enviado por: carloslautert 06 abril 2013

Palavras: 4488 | Páginas: 18

Exercícios para desenvolvimento – Contabilidade de custos

1) Assinalar Falso (F) ou Verdadeiro (V):

( ) Após a Revolução Industrial, no século XVIII, a Contabilidade adaptou às empresas industriais os mesmos conceitos utilizados nas comerciais.

( ) A Auditoria Independente criou princípios contábeis totalmente diferentes daqueles utilizados na Contabilidade.

( ) O custo de um produto é composto pelo custo dos fatores utilizados, consumidos ou transformados para a sua obtenção.

( ) A forma de valoração de estoques desenvolvida pela Contabilidade de Custos foi abandonada, já que feria os Princípios Fundamentais de Contabilidade.

( ) Devido ao crescimento das empresas e mercados, a Contabilidade de Custos passou a ser vista como uma importante forma de auxílio em questões gerenciais.

2 - Classificar os eventos abaixo, relativos a uma indústria de manufatura, como Investimentos ( I ), Custo ( C ), Despesa ( D ) ou Perda ( P ), seguindo a terminologia contábil:

( ) Compra de matéria-prima

( ) Consumo de energia elétrica

( ) Utilização de mão-de-obra

( ) Consumo de combustível

( ) Gastos com pessoal do faturamento (salário)

( ) Aquisição de máquinas

( ) Depreciação das máquinas

( ) Comissões proporcionais às vendas

( ) Remuneração do pessoal da Contabilidade Geral (salário)

( ) Depreciação do prédio da Empresa

( ) Consumo de matéria -prima

( ) Aquisição de embalagens

( ) Deterioração do estoque de matéria-prima por enchente

( ) Remuneração do tempo do pessoal em greve

( ) Geração de sucata no processo produtivo

( ) Estrago acidental e imprevisível de lote de material

( ) Reconhecimento de duplicata como não recebível

( ) Gastos com desenvolvimento de novos produtos e processos

( ) Gastos com seguro contra incêndio.

( ) Consumo de embalagens.

3 - Classificar os itens abaixo em Investimento (I), Custo (C), Despesa (D) ou Perda (P), seguindo a terminologia contábil ortodoxa (“contabilês”):

( ) Compra de matéria-prima, em uma metalúrgica

( ) Consumo de energia elétrica, numa metalúrgica

( ) Mão-de-obra

( ) Consumo de combustível em veículos

( ) Conta mensal de telefone

( ) Aquisição de equipamentos

( ) Depreciação do equipamento central, em uma empresa de telefonia

( ) Tempo ocioso (remunerado)

( ) Consumo de materiais diversos na Administração

( ) Pessoal da Contabilidade (salário)

( ) Honorário da Administração

( ) Honorário do Diretor Técnico, em uma empresa de telefonia

( ) Depreciação do prédio da Sede da Empresa

( ) Deterioração do estoque de materiais por enchente

( ) Tempo do pessoal em greve prolongada (remunerado)

( ) Sucata no processo produtivo (desperdício no processo industrial)

( ) Lote de material danificado acidentalmente em uma operação industrial

( ) Gastos com desenvolvimento de novos produtos (P&D)

( ) Gastos com treinamento e desenvolvimento de funcionários

( ) Orelhões depredados, em uma empresa de telefonia

4) Assinalar Falso (F) ou Verdadeiro (V), à luz dos Princípios fundamentais de Contabilidade:

( ) O registro dos encargos financeiros deve ser tratado na Contabilidade como despesa, não como custo.

( ) O Custeio por Absorção deriva da aplicação dos Princípios de Contabilidade Geralmente Aceitos.

( ) Os encargos financeiros são custos de produção, já que podem ser identificados com financiamento de matérias-primas ou outros fatores de produção

( ) Gastos relacionados ao processo de produção são despesas.

( ) Em períodos de alta inflação deve-se, nas compras a prazo, separar o que é valor efetivo de compra do que é encargo financeiro embutido pelo prazo negociado.

Assinalar a alternativa correta:

5) O processo básico da Contabilidade de Custos consiste nas seguintes etapas:

a) Separar os custos das despesas, apropriar os custos diretos e ratear as despesas.

b) Separar os custos indiretos, apropriá-los aos produtos e ratear os custos fixos.

c) Separar os custos das despesas, apropriar os custos diretos e ratear os indiretos.

d) Separar os custos das receitas, apropriar os custos diretos e ratear os indiretos.

e) Separar os custos das despesas, apropriar os custos fixos e ratear os indiretos.

6) Devem ser classificados como custo de produção os itens:

a) Matéria-prima, mão-de-obra, honorários da diretoria.

b) Honorários da diretoria, fretes e seguros da fábrica.

c) Seguros da área de produção e material direto.

d) Matéria-prima, telefone, salário da administração.

e) Salário da administração, material direto, perdas.

7) Devem ser contabilizados como despesas os itens:

a) Matéria-prima, mão-de-obra, salários da administração.

b) Honorários da diretoria, material direto, telefone.

c) Seguros da área de produção e material direto.

d) Matéria-prima, seguros da fábrica e fretes.

e) Honorários da diretoria e fretes nas vendas.

8) Ao separar os custos das despesas surgem aspectos:

a) Objetivos.

b) Diretos.

c) Subjetivos.

d) Sintéticos.

e) Distintos.

9) A forma de contabilização dos custos, no que se refere ao grau de detalhamento das contas, pode ser:

a) Única.

b) Irrelevante.

c) Variada.

d) Aleatória.

e) Absoluta.

10) Observar as sentenças a seguir:

I- Os recursos que compõem o custo de produção são alocados diretamente aos produtos.

II- A primeira etapa do processo básico da Contabilidade de Custos consiste na separação entre custos e receitas do período.

III- Custos e despesas incorridos num período só irão intergralmente para o Resultado desse mesmo período, caso toda a produção elaborada seja vendida e não haja estoques finais.

Estão corretas as afirmativas:

a) I e II

b) II apenas

c) III apenas

d) II e III

e) I, II e III

11) Dos livros da empresa Cosmopolitec foram extraídos os seguintes dados, relativos ao período findo 31 de dezembro de 20X0 (em $):

Inventários 1°/jan 31/dez

Matérias-primas 340 710

Produtos em processo 8.200 400

Produtos acabados 4.560 4.180

Eventos

Receita Líquida de Vendas 32.000

Compra de matérias-primas 9.000

Frete sobre compras de MP 45

Mão-de-obra Direta 6.200

Mão-de-obra Indireta 5.000

Depreciação Equipamentos de Produção 2.925

Diversos custos de Produção 2.004

Salários do Pessoal de Vendas e Marketing 2.800

Fretes sobre Vendas de produtos acabados 190

Diversas Despesas de Vendas e Marketing 1.150

Diversas Despesas de Administração Geral 870

Salários do Pessoal da Administração Geral 2.500

Havia 600 unidades no inventário de produtos acabados em 1º/jan e 500 em 31/dez. Considerando-se o preço unitário de venda de $8, pede-se agora, para calcular o:

a) custo dos Produtos Vendidos (CPV) ;

b) custo unitário dos produtos acabados no período; e

c) lucro (ou prejuízo) Antes do Imposto de Renda (LAIR).

Dos livro da empresa Cosmopolitec foram extraídos os seguintes dados, relativos ao período findo em 31 de dezembro de 20X0 (em $):

Inventários 1º. Jan. 31 dez.

Matérias-primas 340 710

Produtos em processo 8.200 400

Produtos acabados 4.560 4.180

Eventos

Receita Líquida de Vendas 32.000

Compra de matérias-primas 9.000

Frete sobre compra de matérias-primas 45

Mão-de-obra direta 6.200

Mão-de-obra indireta 5.000

Depreciação Equipamentos de produção 2.925

Diversos custos de produção 2.004

Salários do pessoal de vendas e marketing 2.800

Fretes sobre vendas de produtos acabados 190

Diversas despesas de vendas e marketing 1.150

Diversas despesas de Administração geral 870

Salários do Pessoal da Administração Geral 2.500

Havia 600 unidades no inventário de produtos acabados em 1º. De janeiro e 500 em 31 de dezembro. Considerando-se o preço de venda de $ 8, pede-se para calcular:

a) O custo dos produtos vendidos (CPV);

b) O custo Unitário dos Produtos Acabados no Período; e

c) O Lucro (ou prejuízo) Antes do Imposto de Renda (LAIR).

12) A Empresa GB, produtora de cadernos em Itobi, em determinado período apresentou os seguintes dados (em $):

1. Estoque inicial de matéria-prima 5.000

2. Compra de matéria-prima 12.000

3. Despesas administrativas 2.000

4. Despesas financeiras 1.500

5. Despesas comerciais 2.500

6. Estoque inicial de produtos em processo 4.000

7. Mão-de-obra direta 10.000

8. Estoque final de produtos em processo 5.000

9. Custos indiretos de produção 8.000

10.Estoque final de matéria-prima 7.000

11. Estoque inicial de produtos acabados 6.000

12. Venda de 80% do total disponível de produtos acabados por 40.000

Pede-se calcular:

a) O Custo Total de Produção (CPP).

b) O Custo da Produção Acabada (CPA).

c) O Estoque Final de Produtos Acabados.

d) O Custo dos Produtos Vendidos (CPV)

e) O Lucro Bruto.

f) O Lucro Antes do Imposto de Renda (LAIR).

13) A empresa máxima atua no mercado de produção de móveis na região de Itatiba. Em determinado mês, incorreu nos seguintes gastos:

$

COMPRA DE MATÉRIA-PRIMA 500.000

DEVOLUÇÃO DE 20% DAS COMPRAS ACIMA

MÃO-DE-OBRA DIRETA 600.000

CUSTOS INDIRETOS DE PRODUÇÃO 400.000

OUTROS DADOS

ESTOQUE INICIAL DE MATÉRIA-PRIMA 120.000

ESTOQUE INICIAL DE PRODUTOS EM ELABORAÇÃO 180.000

ESTOQUE FINAL DE PRODUTOS ACABADOS 200.000

NÃO HAVIA OUTROS ESTOQUES

Pede-Se Calcular :

a) O Custo de Produção do Mês;

b) O Custo da Produção Acabada do Mês ( CPA ); e

c) O Custo da Produção Vendida no Mês ( CPV ).

14) Considere os seguintes dados da empresa Industrial Sunny, relativos a determinado período:

$

1.1 Estoque inicial de matéria prima 300

1.2 Estoque final de matéria-prima 420

1.3 Despesas administrativoas de toda a empresa 120

1.4 Estoque inical de produtos em processo 240

1.5 Estoque final de produtos em processo 300

1.6 Mão-de-obra direta utilizada na produção de bens 600

1.7 Custos indiretos de produção 480

1.8 Compras de matérias primas 720

1.9 Estoque inicial de produtos acabados 360

1.10 Venda de 90% do total disponível de produtos acabados 2.400

1.11 Frete pago para entregar produtos acabados vendidos 150

1.12 Juros apropriados sobre empréstimos bancários obtidos 70

Pede-se calcular :

a) o custo do produto vendido ( CPV )

b) o lucro bruto

c) o lucro ( ou prejuizo ) antes do imposto de renda ( LAIR )

15) A empresa Camanducaia foi constituída em 2-1-X1 com capital inicial de $ 100.000 totalmente subscrito e integralizado em moeda corrente nacional. O objetivo da empresa é produzir artigos para festas em geral.

O preço médio de venda do produto acabado é estimado pelo pessoal da área de marketing em $ 9,50 por unidade. Impostos e comissões sobre receita bruta totalizam 20% do preço.

Durante o mês de janeiro ocorreram os seguintes custos e despesas, todos pagos dentro do próprio mês (em $) :

Aluguel da fábrica 3.000

Supervisão da fábrica 9.000

Matéria-prima ($ 3,00/u) 36.000

Mão-de-obra direta 24.000

Despesas administrativas 8.000

No final do mês, 12.000 pacotes de confete haviam sido integralmente produzidos e estavam armazenados para serem vendidos no mês seguinte (não houve vendas em janeiro).

Pede-se elaborar:

a) A Demonstração de Resultados relativa ao mês de janeiro.

b) O Balanço Patrimonial do dia 31 de janeiro.

16) A Empresa Máxima atua no mercado de produção de móveis na região de Itatiba. Em determinado mês, incorreu nos seguintes gastos:

 Compra de Matéria-prima $ 500.000

 Devolução de 20% (vinte por cento) das compras acima

 Mão-de-obra direta $ 600.000

 Custos Indiretos de Produção $ 400.000

Outros dados:

 Estoque inicial de matéria-prima $ 120.000

 Estoque inicial de produtos acabados $ 180.000

 Estoque final de produtos acabados $ 200.000

 Não havia outros estoques

Pede-se calcular:

a) O Custo de Produção do mês (CPP);

b) O Custo de Produção Acabada no mês (CPA); e

c) O Custo da Produção Vendida no mês (CPV).

17) A empresa Mood’s Hair produz um único produto (xampu de camomila) que é vendido, em média, por $ 9,50 cada unidade (preço líquido de tributos).

Em determinado período, em que não houve estoques iniciais, produziu integralmente 14.000 unidades, e incorreu nos seguintes custos e despesas (em $):

Supervisão geral da fábrica 17.000

Depreciação dos equipamentos da fábrica 10.000

Aluguel do galpão industrial 2.400

Administração geral da fábrica 8.000

Material direto 2,00 por unidade

Mão-de-obra direta 1,50 por unidade

Energia elétrica consumida na produção 0,40 por unidade

Comissão sobre vendas 0,75 por unidade

Frete para entregar os produtos vendidos 0,15 por unidade

Considerando-se que no final do período havia 1.000 unidades do produto acabado em estoque, e que não houve perdas, pede-se calcular:

a) O Estoque Final de produtos acabados.

b) O Lucro (ou Prejuízo) do período.

18) Resolva as questões a seguir, apresentando os cálculos que justificam a resposta encontrada:

18.1) Identifique a alternativa que expressa o conceito de Gasto, segundo a terminologia normalmente utilizada na Contabilidade de Custos.

a) Sacrifício financeiro para obtenção de um produto ou serviço.

b) Bem ou serviço utilizado na produção de outros bens ou serviços.

c) Saída de recursos com a finalidade de aumentar o ativo.

d) Bem ou serviço consumido, direta ou indiretamente, para a obtenção de receita.

e) Pagamento resultante da aquisição de um bem ou serviço.

18.2) A Cia. Heta apresentou os seguintes saldos em determinado período contábil:

• matéria-prima: R$ 1.000;

• mão-de-obra direta: R$ 500;

• salário da administração: R$ 400;

• manutenção da fábrica: R$ 80;

• energia elétrica das máquinas da fábrica, medida globalmente: R$ 220;

• aluguel do prédio administrativo: 50;

• depreciação da fábrica: R$ 100;

• materiais indiretos: R$ 350;

• seguros da fábrica: R$ 120;

• salário do setor de faturamento: R$ 85;

• mão-de-obra indireta: R$ 700.

18.3) Os valores dos custos diretos, dos custos indiretos de fabricação de do custo de produção são, respectivamente,

a) R$ 1.500, R$ 1.570 e R$ 3.070.

b) R$ 1.580, R$ 1.490 e R$ 3.070.

c) R$ 1.720, R$ 1.750 e R$ 3.470.

d) R$ 1.720, R$ 1.350 e R$ 3.070.

e) R$ 1.900, R$ 1.570 e R$ 3.470.

19) Para responder às questões de números 19.1) a 19.3) considere os saldos abaixo extraídos da Contabilidade da Cia. Épsilon, correspondentes ao mês de fevereiro de 2002, e as informações adicionais sobre a posição dos estoques.

Nomenclatura R$

Mão-de-obra direta 48.000

Materiais diretos 260.000

Seguro da fábrica 3.000

Mão-de-obra indireta 30.000

Depreciação administração 10.000

Vendas 461.000

Salário departamento de vendas 7.000

Materiais indiretos 4.000

Depreciação fábrica 15.000

Energia elétrica fábrica, medição global

40.000

Salários setor administrativo 4.000

Total 882.000

Posição dos estoques:

Tipos de estoque Saldos no mês de fevereiro

Início Fim

Mat

éria-prima 30.000 10.000

Processo 25.000 35.000

Acabados 35.000 25.000

19.1) O valor dos custos apropriados à produção no mês é de:

a) R$ 430.000.

b) R$ 421.000.

c) R$ 420.000.

d) R$ 400.000.

e) R$ 390.000.

19.2) O valor do custo dos produtos fabricados no mês é de:

a) R$ 390.000.

b) R$ 400.000.

c) R$ 410.000.

d) R$ 420.000.

e) R$ 440.000.

19.3) Os valores do custo dos produtos vendidos e do lucro bruto são, respectivamente, de:

a) R$ 390.000 e R$ 71.000.

b) R$ 400.000 e R$ 61.000.

c) R$ 410.000 e R$ 51.000.

d) R$ 420.000 e R$ 41.000.

e) R$ 430.000 e R$ 31.000.

20) Para responder às questões de números 20.1) e 20.2), considere as informações a seguir, da Cia. Sigma.

A Cia. Sigma iniciou o exercício social de 2001 sem estoque. Durante o ano de 2001 produziu 250 unidades do produto Y, 30 das quais ficaram estocas para serem vendidas em 2002. As outras 220 unidades foram vendidas, parte à vista e parte a prazo, sempre pelo valor unitário de R$ 500.

Os custos de produção e as despesas, no ano de 2001, foram:

• matéria-prima: R$ 11.300;

• mão-de-obra direta: R$ 26.000;

• custos indiretos de fabricação: R$ 15.200;

• despesas gerais e administrativas: R$ 16.800;

• comissões sobre vendas, por unidade: 10% do valor de venda.

20.1) O total das despesas operacionais e o lucro bruto do exercício de 2001 é, respectivamente, de

a) R$ 4.000 e R$ 36.000.

b) R$ 29.300 e R$ 63.800.

c) R$ 29.300 e R$ 57.500.

d) R$ 27.800 e R$ 57.500.

e) R$ 27.800 e R$ 63.800.

20.2) O valor do estoque, no final do exercício de 2001, e o custo de cada unidade produzida no período, de acordo com os princípios contábeis aceitos no Brasil, é, respectivamente, de

a) R$ 3.600 e R$ 220.

b) R$ 5.520 e R$ 184.

c) R$ 6.300 e R$ 210.

d) R$ 6.300 e R$ 250.

e) R$ 9.639 e R$ 321.

21) Considerando os saldos apresentados abaixo e sabendo-se que o Estoque Final de Mercadorias em 31.12.2002 era de $ 1.800,00, podemos afirmar que o Custo de Mercadorias Vendidas, o total do Ativo e o Resultado Operacional Líquido são, respectivamente:

Balancete de Verificação em 31.12.2002

Contas Saldos Finais

Devedores Credores

Caixa $ 1.500,00

Capital Social $ 15.000,00

Clientes $ 12.000,00

Compra de Mercadorias para Revenda $ 5.100,00

Depreciação Acumulada de Móveis e Utensílios $ 900,00

Despesas com Aluguéis $ 600,00

Despesas com Depreciação $ 900,00

Despesas com Salários $ 1.800,00

Despesas com Viagens $ 900,00

Estoque Inicial de Mercadorias para Revenda $ 3.750,00

Fornecedores $ 4.200,00

Móveis e Utensílios $ 7.950,00

Venda de Mercadorias $ 14.400,00

Total $ 34.500,00 $ 34.500,00

a) $ 3.300,00, $ 24.150,00 e $ 4.050,00.

b) $ 7.050,00, $ 22.350,00 e $ 3.150,00.

c) $ 8.850,00, $ 20.550,00 e $ 7.350,00.

d) $ 8.850,00, $ 23.250,00 e $ 4.950,00.

e) $ 3.050,00, $ 21.350,00 e $ 3.510,00.

22) A Cia. Dolover manufatura um único produto, de um só tamanho e modelo, que vende a $ 80,00 por unidade – preço líquido de tributos. Os dados abaixo (em $) referem-se ao período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 20X0:

Do balancete

Receita Líquida 320.000

Compra de matérias-primas 90.000

Frete sobre compras de matéria-prima 4.500

Mão-de-obra Direta 62.000

Supervisão da produção 5.000

Depreciação dos Equipamentos da Produção 21.350

Diversos Custos de Produção 18.000

Aluguel do Galpão Industrial 5.000

Descontos Financeiros Obtidos no pagamento de compras a prazo 8.400

Salários e Encargos Sociais do Pessoal da área de Vendas 28.000

Despesas Fixas do Departamento de Vendas 20.000

Frete para entregar produtos vendidos 18.600

Gastos com Propaganda e Promoções 11.380

Salários e Encargos Sociais do Pessoal da Administração Geral 24.790

Diversas Despesas de Administração 8.700

Do Inventário Inicial Final

Matérias-primas 3.420 7.130

Produtos em processo 8.159 4.002

Produtos acabados

4.584 42.205

Sabendo-se que havia 120 unidades no estoque de produtos acabados em 1º/jan e 998 em 31/dez, PEDE-SE:

I. Utilizando os critérios PEPS, UEPS e Custo Médio, demonstrar:

a) o custo unitário dos produtos acabados no período;

b) o valor do estoque final dos produtos acabados; e

c) o valor do custo dos produtos vendidos (CPV).

II. Utilizando o critério PEPS, elaborar as demonstrações contábeis evidenciando:

a) o Custo de Produção do Período (CPP);

b) o Custo da Produção Acabada no período (CPA);

c) o Custo dos Produtos Vendidos (CPV); e

d) o Resultado do período.

23) Uma empresa tinha zerado seus estoques em 01/08/2002. Durante este mesmo mês realizou as seguintes operações: de entradas: no dia 05 um montante de 1.500 unidades ao custo unitário de $ 11,00, no dia 12 um montante de 1.800 unidades ao custo unitário de $ 12,00 e no dia 19 um montante de 600 unidades ao custo unitário de $ 13,00, de saídas: no dia 09 um montante de 800 unidades, no dia 16 um montante de 1.300 unidades e no dia 23 um montante de 200 unidades. Considerando o Método PEPS os saldos iniciais dos dias 06.08, 17.08 e 20.08, são, respectivamente:

a) $ 16.500,00; $ 14.400,00 e $ 19.800,00

b) $ 6.500,00; $ 13.700,00 e $ 21.500,00

c) $ 16.500,00; $ 14.064,00 e $ 21.864,00

d) $ 16.500,00; $ 14.400,00 e $ 22.200,00

e) $ 15.500,00; $ 14.500,00 e $ 19.800,00

24) Uma empresa apresentava as seguintes informações no sistema de controle de estoque, referentes a um item de matéria-prima, em unidades:

Data Entrada Saída Saldo

31/01/2003 450

08/02/2003 390 840

10/02/2003 170 1.010

17/02/2003 140 1.150

18/02/2003 840 310

25/02/2003 160 150

25) Considerando que o estoque inicial foi comprado a $ 5,10 a unidade e as compras a $ 6,00, $ 7,50 e $ 8,90, respectivamente, o Estoque Final, apurado pelo método PEPS é de:

a) $ 765,00

b) $ 1.125,00

c) $ 1.321,00

d) $ 1.335,00

e) $ 1.251,00

26) Uma empresa que trabalhava com um único tipo de mercadoria realizou, na ordem abaixo, as seguintes operações:

1ª) Compra de 20 unidades a $ 20,00 cada e com destaque de 17% de ICMS.

2ª) Compra de 30 unidades a $ 25,00 cada e com destaque de 17% de ICMS.

3ª) Venda de 15 unidades a $ 50,00 cada e com destaque de 17% de ICMS.

Tendo em vista que essa empresa adota o Método do Custo Médio Ponderado Variável, podemos afirmar que o Custo das Mercadorias Vendidas relativo à 3ª operação é de:

a) $ 286,35

b) $ 337,50

c) $ 345,00

d) $ 403,65

e) $ 268,53

27) Uma empresa produz apenas um tipo de produto e possuía 125 unidades no Estoque de Produtos Acabados em 31/12/20X1 no montante de $ 375,00. No primeiro semestre de 20X2 foram produzidas 3.750 unidades deste produto e foram vendidas 3.125 unidades a $ 4,50 cada. Nesse mesmo primeiro semestre de 20X2 os custos totalizaram $ 11.250,00 e as despesas $ 2.375,00.

O Custo dos Produtos Vendidos, o saldo do Estoque de Produtos Acabados em unidades e o Resultado Bruto no primeiro semestre de 20X2 foram, respectivamente:

a) $ 9.375,00; 750 unidades; $ 2.312,50

b) $ 9.375,00; 750 unidades; $ 4.687,50

c) $ 11.625,00; 875 unidades; $ 62,50

d) $ 11.625,00; 875 unidades; $ 2.437,50

e) $ 11.625,00; 750 unidades; $ 2.347,50

28) Uma empresa tinha zerado seus estoques em 01/08/20X2. Durante o mês de agosto realizou as seguintes operações: de entradas: no dia 05 um montante de 1.500 unidades ao custo de $ 11,00 cada; no dia 12 um montante de 1.800 unidades ao custo de $ 12,00 cada e no dia 19 um montante de 600 unidades ao custo de $ 13,00 cada; de saídas: no dia 09 um montante de 800 unidades; no dia 16 um montante de 1.300 unidades e no dia 23 um montante de 200 unidades. Considerando o Método PEPS os saldos iniciais dos dias 06/08, 17/08 e 20/08, eram, respectivamente:

a) $ 16.500,00; $ 13.700,00; $ 21.500,00

b) $ 16.500,00; $ 14.400,00; $ 19.800,00

c) $ 16.500,00; $ 14.064,00; $ 21.864,00

d) $ 16.500,00; $ 14.400,00; $ 22.200,00

e) $ 15.600,00; $ 13.700,00; $ 21.500,00

29) Os estoques da Cia. Cascais são avaliados pelo método de custo médio. Mantidas as mesmas transações, e considerando um ambiente de constante elevação de preços das mercadorias adquiridas (entradas no estoque), pode-se afirmar que:

a) se o método de custeio adotado for alterado para PEPS, o estoque final será menor;

b) se o método de custeio adotado for alterado para UEPS, o valor do CMV será maior;

c) se o método de custeio adotado for alterado para UEPS, o valor das vendas será maior;

d) se o método de custeio adotado for alterado para PEPS, o valor do CMV será maior;

a) a alteração do método de custeio para PEPS ou UEPS acarretaria somente a alteração do CMV, não influenciando o saldo do estoque final.

30) A empresa Pereira Ltda., no mês de agosto de 20X1, realizou os negócios abaixo descritos com o item “Y” de seu estoque:

01- compra de 250 unidades;

02- venda de 200 unidades;

03- as mercadorias são tributadas na compra: com ICMS de 15%; e com IPI de 5%; na venda: com ICMS de 12%;

04- o custo inicial do estoque foi avaliado em $ 25,00 por unidade;

05- nas compras foi praticado um preço unitário de $ 30,00;

06- nas vendas o preço unitário praticado foi de $ 45,00;

07- As operações de compra e de venda foram realizadas a vista, com cheques do Banco “X”, tendo a empresa Pereira emitido o cheque 001356 e recebido o cheque 873102, prontamente depositado em sua conta corrente.

Considerando-se, exclusivamente, essas operações e todas as informações acima, pode-se afirmar que a conta corrente bancária da empresa Pereira Ltda. foi aumentada em:

a) $ 2.250,00

b) $ 1.500,00

c) $ 1.125,00

d) $ 750,00

e) $ 275,00

31) A Mercearia Mineiros S/A calculou custos e lucros em agosto de 20X1, com fulcro nas seguintes informações:

O custo das vendas foi calculado com base em estoques iniciais ao custo total de $ 120.000,00, compras, a vista e a prazo, ao preço total de $ 260.000,00 e vendas, a vista e a prazo, no valor de $ 300.000,00, restando em estoque para balanço o valor de $ 150.000,00.

A tributação ocorreu de modo regular, com ICMS à alíquota de 17%, PIS/faturamento a 1% e COFINS a 3%.

Após a contabilização dos fatos narrados, a elaboração da Demonstração do Resultado do Exercício vai evidenciar o lucro bruto de:

a) $ 50.880,00

b) $ 51.200,00

c) $ 61.280,00

d) $ 71.280,00

e) $ 71.600,00

32) Apurando custos e estoques a cada mês, a empresa processou os cálculos do mês de dezembro de 2001 a partir dos seguintes dados:

Estoque inicial avaliado em $ 22.000,00.

Compras de mil unidades ao preço unitário de $ 25,00.

Vendas de 720 unidades ao preço unitário de $ 50,00.

IPI sobre compras a 8%.

ICMS sobre compras a 12%.

ICMS sobre vendas a 17%.

Devolução de vendas no valor de $ 6.000,00.

Estoques avaliados pelo critério PEPS.

Estoque inicial mensurado em 1.100,00 unidades.

Todas as operações do período foram realizadas a prazo.

Com fulcro nos dados e informações acima, o cálculo correto dos custos vai indicar um estoque final no valor de:

a) $ 36.000,00

b) $ 34.000,00

c) $ 33.000,00

d) $ 31.600,00

e) $ 30.000,00

33) A Loja de Departamentos Ltda. avalia seus estoques utilizando uma variante do método do preço específico.

As mercadorias adquiridas recebem etiquetas com o preço de venda, formado a partir do custo unitário com acréscimo de percentual fixo como margem de lucro.

A empresa em epígrafe fixou a margem de lucro em 25% sobre o preço de venda, tendo em vista que pagará 12% de ICMS para cada unidade vendida.

No período considerado, o movimento físico constou de estoque inicial de 1.000 unidades, compras de 1.500 unidades e vendas de 2.000 unidades.

A receita bruta de vendas alcançou o valor de $ 200.000,00.

Não houve devoluções, abatimentos ou vendas canceladas.

Com base nas informações acima, pode-se dizer que o estoque final, nesse período, alcançou o montante de:

a) $ 50.000,00

b) $ 44.000,00

c) $ 40.000,00

d) $ 37.500,00

e) $ 31.500,00

34) Calcule o custo das mercadorias vendidas e o lucro bruto de uma empresa que apresenta os seguintes valores nas operações com mercadorias: Estoque inicial $ 1.200;

Compras $ 1.500; Devolução de vendas $ 200; Estoque final $ 1.400; Devolução de compras $ 200; Vendas $ 2.600; Despesas administrativas $ 60; Despesas financeiras $ 40.

a) $ 2.700 e $ 100.

b) $ 1.500 e $ 900.

c) $ 1.300 e $ 1.100.

d) $ 1.100 e $ 1.300.

e) $ 900 e $ 1.500.

35) A contabilidade de determinada empresa apresentava, em 31.12.20X2, os saldos:

Compras $ 85.000,00

Despesas com Propaganda $ 4.100,00

Despesas de Aluguel $ 1.200,00

Despesas de Salários $ 9.300,00

Devolução de Compras $ 2.000,00

Devolução de Vendas $ 1.600,00

Estoque Final $ 18.000,00

Estoque Inicial $ 25.000,00

Fretes sobre Compras $ 500,00

Receitas Financeiras $ 4.000,00

Seguro sobre Compras $ 200,00

Vendas $ 120.000,00

Considerando apenas os saldos das contas acima, pode se dizer que o valor das compras líquidas, do Custo das Mercadorias Vendidas e o Resultado Líquido do Período são, respectivamente:

a) $ 83.000,00; $ 94.700,00 e $ 17.800,00

b) $ 83.700,00; $ 90.700,00 e $ 17.100,00

c) $ 85.000,00; $ 90.000,00 e $ 13.100,00

d) $ 85.700,00; $ 112.000,00 e $ 18.700,00

e) $ 87.700,00; $ 97.700,00 e $ 17.100,00

36) O valor das Despesas Indiretas de Fabricação numa empresa industrial que teve os seguintes saldos no mês de fevereiro de 20X3 é:

Compras de Materiais Diretos $ 135.000,00

Estoque Final da Conta Materiais Diretos $ 130.000,00

Estoque Final de Produtos em Processamento $ 300.000,00

Estoque Inicial da Conta Materiais Diretos $ 105.000,00

Estoque Inicial de Produtos em Processamento $ 0,00

Mão-de-Obra Direta $ 145.000,00

a) $ 165.000,00

b) $ 155.000,00

c) $ 45.000,00

d) $ 20.000,00

e) $ 35.000,00

37) Uma empresa fabrica um produto que utiliza dois tipos de matérias-primas pesando 2,50 kg, sendo 1,40 kg de Matéria-Prima A e 1,10 kg de Matéria-Prima B. O método utilizado pela empresa para valorar seus estoques é o do Custo Médio Ponderado Móvel. Em agosto de 20X2, os custos unitários das requisições foram Matéria-Prima A = $ 276,00/kg e Matéria-Prima B = $ 632,00/kg. Durante o processo de fabricação existe uma perda de 8% na quantidade requisitada de matéria-prima. O Custo da Matéria-Prima para cada unidade é de:

a) $ 454,00

b) $ 587,83

c) $ 908,00

d) $ 1.175,65