Trabalho Completo Aplicaçao De Informatica Na Engenharia Civil

Aplicaçao De Informatica Na Engenharia Civil

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Tecnologia

Enviado por: Jeferson 09 outubro 2011

Palavras: 2036 | Páginas: 9

...

dora, o acesso às informações globalizadas por meio da Internet, a comunicação por meio de e-mails, a produção de processadores cada vez mais velozes, o aumento da capacidade de armazenamento de dados e o desenvolvimento de sistemas computacionais cada vez mais robustos são apenas alguns bons exemplos dessa grande evolução. (KIMURA, 2007, p. 23).

Assim conforme Kimura (2007, p.24) esse enorme avanço, ou melhor, revolução tecnológica teve e tem um papel importantíssimo na Engenharia de Estruturas, influenciando de forma direta e significativa na maneira como os projetos são hoje elaborados.

Atualmente, todas as etapas presentes no projeto de um edifício, desde o lançamento dos dados, passando pela análise estrutural, dimensionamento e detalhamento dos elementos, até a impressão de desenhos, de alguma forma, são influenciadas pela rapidez e precisão que a informática proporciona. (KIMURA, 2077, p.24)

A informática veio para aperfeiçoar a engenharia de estruturas, e jamais substituí-la. Acontece que, devido ao alto grau de complexidade e sofisticação das análises disponíveis nos softwares atuais, muitas vezes, os conceitos fundamentais de engenharia são praticamente colocados de lado, e o verdadeiro papel do computador acaba sendo literalmente confundido. (KIMURA, 2007, p25).

A utilização de uma ferramenta computacional, quando feita de maneira responsável e criteriosa, traz enormes vantagens à elaboração de um projeto, tais como: produtividade, qualidade e segurança.

Kimura (2007, p. 45) classifica os sistemas computacionais destinados à elaboração de projetos estruturais conforme Tabela 1:

|Software de análise: |Serve para calcular os esforços e deslocamentos de uma estrutura. Não executa o |

| |dimensionamento das armaduras e nem gera as plantas finais. Usual para análise de projetos de |

| |estruturas de grande porte. |

|Software de desenho: |Serve para gerar desenhos genéricos, não direcionados exclusivamente para a Engenharia Civil. |

| |São os softwares chamados como CAD. |

|Software de dimensionamento/ verificação de |Serve para dimensionar um elemento (viga, pilar ou laje) de forma isolada da estrutura. Ideal |

|elemento isolado: |para fazer rápidas verificações. |

|Sistema integrado: |Abrange todas s etapas do projeto. Calcula a estrutura, dimensiona e detalha as armaduras, |

| |gera e imprime os desenhos finais. É o tipo de software mais utilizado para projetar edifícios|

| |de concreto. |

TABELA 1 – Tipos de software.

FONTE: KIMURA, Alio. Informática aplicada em estruturas de concreto armado: cálculo de edifícios com o uso de sistemas computacionais. São Paulo: Pini, 2007.

2.1 SOFTWARES NA ENGENHARIA CIVIL

As empresas de construção civil gerenciam muitas obras e com isso precisam administrar muitas informações como projetos, ativos, relações de materiais, fornecedores e seus sistemas financeiros de apoio a gestão. Com tantas informações a utilização de softwares facilita essa gestão.

Para Loturco (2004) podemos dividir os softwares para construção em três categorias: gerenciamento de obras, gestão de empresa e elaboração de projetos. Além dessas categorias existem os softwares especialistas destinados a realizar estudos ou ensaios específicos.

Para o gerenciamento de obras são utilizados softwares que controlam os materiais utilizados na obra, fiscalizam a adequação dos gastos e do cronograma ao orçamento e ao planejamento e gerenciam as licitações.

Os softwares destinados a gestão de empresa são utilizados tanto para a construção civil como para outras empresas em diversos setores, são aqueles destinados a administração e a processos pertinentes a qualquer empresa como contas a pagar, recursos humanos, compras de insumo, etc. Esses softwares são chamados ERP (Enterprise Resources Planning) e quando são utilizadas passam a afetar toda a corporação e não apenas cada obra individualmente.

Os programas de elaboração de projetos são os mais comuns hoje no mercado, pois surgiram a mais tempo, esses softwares auxiliam os profissionais a desenhar os sistemas integrantes de uma edificação, alertando sobre os erros com base em uma série de elementos pré-programados e armazenados em suas bibliotecas. Alguns softwares mais sofisticados levam em consideração as normas vigentes evitando assim que um projeto mesmo estando tecnicamente correto seja barrado por alguma inconformidade legal.

Durante a elaboração dos projetos diversas informações e documentos são gerados, o desafio é fazer com que essas informações sejam utilizadas e interpretadas pelos profissionais certos dentro das obras.

Para Prates (2010) “Na área da construção, uma nova etapa de desenvolvimento, como a que ocorreu com as ciências da vida, pode estar em curso: uma revolução da informação, proporcionada pelo BIM (Building Information Modeling)”. O BIM possibilita a representação das características físicas e funcionais do empreendimento, possibilitando a modelagem em três dimensões (3D), mas além disso é um processo que utiliza tecnologia de informação em todas as suas fases alinhando os dados produzidos por profissionais de diferentes áreas, possibilitando assim que as alterações de projetos sejam feitas com agilidade.

Diante do panorama que acaba de ser descrito, torna-se então cada vez mais evidente a necessidade de ensinar e preparar os alunos de Engenharia Civil a manipular os diversos softwares relacionados a sua área. O futuro Engenheiro deve estar apto a utilizá-los de forma responsável, sabendo distinguir quais os seus benefícios e as suas limitações, mantendo-se sempre atualizado. E, sobretudo, colocar o conhecimento em Engenharia sempre como sua meta principal. (KIMURA, 2007, p.25)

3 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Através deste trabalho pode-se definir que existem diversas aplicações para a informática na engenharia civil, pois em diversas fases da obra se faz necessário o uso da informática. Desde o inicio do projeto utilizando softwares específicos para projetar que auxiliam nos desenhos, cálculos e normas. Ou mesmo utilizando softwares que englobam toda a obra.

Cada dia surgem mais inovações tecnológicas nas áreas da engenharia civil, portanto o profissional dessa área precisa sempre estar atento acompanhando as novas tecnologias e utilizando a informática como uma importante ferramenta no trabalho.

REFERÊNCIAS

FISCHER, Martin. Entrevista – Plataforma democrática. Téchne, n. 168, p. 22-26, mar. 2011. Entrevista concedida a Luciana Tamaki.

KIMURA, Alio. Informática aplicada em estruturas de concreto armado: cálculo de edifícios com o uso de sistemas computacionais. São Paulo: Pini, 2007.

LOTURCO, Bruno. Tecnologias de Informação. Téchne, n.91, out. 2004. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2011.

NASCIMENTO, Luiz Antonio do; SANTOS, Eduardo Toledo. A indústria da construção na era da informática. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 3, n. 1, 69-81, 2003. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2011.

PRATES, Vinicius. BIM avança no Brasil. Construção Mercado, n.112, out. 2010. Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2011.

ROCHA, Ana Paula. Por dentro do BIM. Téchne, n168, p. 38-48, mar. 2011.

SISTEMAS ERP – Investimentos em TI pode ser a resposta de como gerir o aumento crescente de informações sem diminuir a qualidade do serviço prestado por empresas da construção. Revista Guia da Construção, ed. 110, set. 2010. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2011.