Trabalho Completo Aprendizagem Que A Pluralidade Cultural Possibilita Ao Aluno

Aprendizagem Que A Pluralidade Cultural Possibilita Ao Aluno

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Língua Portuguesa

Enviado por: alexsantos09 07 junho 2013

Palavras: 1790 | Páginas: 8

O PROFESSOR E A VALORIZAÇÃO DO CONHECIMENTO PRÉVIO DO ALUNO

A APRENDIZAGEM QUE A PLURALIDADE CULTURAL POSSIBILITA AO ALUNO

RESUMO

O trabalho ora apresentado tem por objetivo identificar na prática docente... A metodologia utilizada para a constituição do mesmo foi à pesquisa bibliográfica e a pesquisa de campo, onde foi realizada uma entrevista com professores da rede publica de Guaramirim com o intuito de saber o que a aprendizagem cultural possibilita ao aluno. E de que forma o professor valoriza o conhecimento prévio do aluno em sala de aula. Os resultados alcançados foram de que alguns professores utilizam muito a pluralidade cultural e o conhecimento prévio que o aluno trás de sua casa, porem algum encontram dificuldades, também foi ressaltado de que maneira utilizar, entre outros. Concluiu-se após a execução desta pesquisa, que o professor tem varias oportunidades de utilizar o conhecimento prévio do aluno, dependendo apenas da sua criatividade em sala de aula, do seu planejamento, e da cooperação da escola.

Palavras-chave: pluralidade cultural, aluno, conhecimento prévio.

1 INTRODUÇÃO

O que fez com que se buscasse o tema: “O professor e a valorização do conhecimento prévio do aluno” foi de descobrir que métodos o professor utiliza para valorizar o conhecimento prévio em sala de aula e o que a pluralidade cultural pode ajudar nos conteúdos que os professores trabalham.

O que a aprendizagem que a pluralidade pode possibilitar ao aluno. Reconhecendo que ele trás consigo já algum aprendizado e que pode passar para todos que o rodeiam em sala de aula no ambiente escolar.

A maneira em que o professor aproveita o conhecimento do aluno é muito importante.tem-se a possibilidade de falar diante da turma, mostrar que não esta ali apenas para aprender, mais tem grandes conhecimentos da vida.

2 O PROFESSOR E A VALORIZAÇÃO DO CONHECIMENTO PRÉVIO DO ALUNO

Todo professor deve com antecedência preparar sua aula, planejá-la de maneira que não se torne cansativa e que atraia a atenção dos alunos. No período em que o professor esta dando sua aula ele tem que ter muitas dinâmicas para que seus alunos fiquem interagindo com ele e a turma. Uma maneira de fazer com que o aluno fique atento e participando é através do conhecimento prévio dos alunos, pois cada um que esta ali trás consigo algum conhecimento. Algo que aprendeu com a vida, viu através da tecnologia (internet, radio, televisão). O professor tem que aproveitar o conhecimento prévio dos alunos o Maximo possível.

“Em todo início de trabalho com um conteúdo, mesmo que este já tenha sido trabalhado anteriormente, é necessário que o professor se preocupe em mobilizar os alunos para as aprendizagens que deverão ocorrer. Essa mobilização, que depende das condições iniciais dos alunos, pode ser despertada pelo professor por meio de problematizações do conteúdo.” (SIGNORELI)

Quando o aluno não demonstra interesse pela aula o professor deve prestar mais atenção no planejamento de suas aulas, deve no começo do ano de uma forma diferenciada descobrir o conhecimento que seus alunos tem, para que não fique frustrado no decorrer do ano com as atividades realizadas.Para Signoreli:

“Os conhecimentos prévios do aluno devem ser considerados na medida em que entram em ação durante a atividade. Ou seja, quando o professor percebe que um aluno não consegue responder a uma questão, ou escrever um texto, ou ainda, se a atividade não teve interesse porque ele já sabia as respostas, deve observar melhor o que esses alunos já sabem para ajustar as propostas de ensino às condições iniciais.” (SIGNORELI)

O professor não deve apenas pensar em dar as notas aos alunos e aprová-los e reprová-los. Ele tem que ser amigo dos alunos, saber as dificuldades, dividir aprendizados e conhecer as principais características de cada aluno. Existem muitos professores por ai que não amam o que fazem, estão nesta profissão por que tem medo de mudar de vida, porem a profissão de professor tem que ser amada por quem faz, você tem que entrar na sala de aula, esquecer se vem pouco no final do mês, se tem problemas com a falta de tempo para planejar melhor suas aulas.Os alunos sentem quando o professor esta ali por obrigação e fazem da aula dele um descaso, desanimam e não se interessam.”É importante que fique bem claro que, se os alunos não se interessarem pelas questões que o professor faz a eles, então, são as questões que precisam mudar, não os alunos.”(SIGNORELI)

3 A APRENDIZAGEM QUE A PLURALIDADE CULTURAL POSSIBILITA AO ALUNO

Todo aluno trás consigo alguma bagagem cultural, o professor precisa encontrar meios para trabalhar e explorar essa aprendizagem que o aluno traz de casa.A pluralidade cultural vem de casa, do ambiente onde vive, da região(Cidade) e a partir do convívio familiar e hereditário.

A criança na escola convive com a diversidade e poderá aprender com ela. Singularidades presentes nas características de culturas, de etnias, de regiões, de famílias, são de fatos percebidas com mais clareza quando colocadas juntos a outras.( ftp://ftp.fnde.gov.br/web/pcn/05_08_pluraridade.pdf Acessado em 16 de outubro de 2012).

3.1 AS DINAMICAS UTILIZADAS PELOS PROFESSORES ATRAVES DA PLURALIDADE CULTURAL

Nos dias atuais os alunos estão cada vez mais cedo, desenvolvendo raciocínio e guardando muitas recordações. Cada um sabe, nem que seja um pouco, da sua origem, e da sua cultura em sim.Por exemplo: Os alemães tem sotaques, costumes diferente dos gaúchos, e facilmente dentro de uma sala de aula isso é percebido pelas crianças.

O professor pode usar de varias maneiras a pluralidade que encontra dentro da sala de aula. Os alunos acabam aprendendo de uma maneira mais fácil e prazerosa. O professor de geografia, pode antes de explicar as regiões do Brasil, perguntar para um alemão o que ele sabe da sua cultura, ao italiano o que ele sabe da sua cultura, ao negro, ao gaucho e diversas outras culturas.”O homem nada pode aprender senão em virtude do que já sabe” (Aristóteles)

3.2 COMO OS ALUNOS REAGEM COM A PLURALIDADE CULTURAL

Dento de uma sala de aula, há diversas culturas, raças, cor.O professor tem que encontrar maneiras de trabalhar com seus alunos através da pluralidade cultural.As crianças reagem de uma maneira mais natural que os adultos, só passam a trata-lo de maneira diferente após vivenciar em casa ou em algum ambiente com algum ensinamento através de exemplos de um adulto.

Quando existir preconceito através da pluralidade cultural do (s) aluno (s), o professor deve de uma maneira procurar trabalhar essa diferença com a classe. E é seu dever trabalhar de uma modo em que a criança que esta sofrendo o preconceito não se sinta magoada.

Através de brincadeiras, dinâmicas, grupo de estudos onde possa colocar a criança que sobre o preconceito com a que provoca. Isso deve ocorrer para que todos vejam que as pessoas não são iguais, a cultura, as diferenças físicas são normais, e seria ruim se todos fossem iguais em tudo.

4 MATERIAIS E MÉTODOS

Para a realização deste trabalho, foram realizadas entrevistas, com o objetivo de conhecer e descobrir os seguintes itens:

- Verificar como o professor utiliza a diversidade cultural para trabalhar os conteúdos em sala de aula.

- Identificar se os conhecimentos prévios dos alunos são trabalhados em sala de aula.

- Reconhecer de que maneira o professor explora a pluralidade cultural.

- Identificar as vantagens da pluralidade cultural para a sala de aula.

- Perceber se os alunos respeitam a diversidade cultural que há na sala de aula.

As entrevistas realizadas foram compostas dos seguintes questionamentos:

1 - Como aproveitar a diversidade cultural para trabalhar os conteúdos em sala de aula?

2 - Todos os conteúdos trabalhados em sala de aula possibilitam utilizar-se dos conhecimentos prévios dos alunos?

3 - Existem varias maneiras de explorar a pluralidade cultural do aluno. Descreva quais as alternativas que você utiliza.

4 - Quais as vantagens da pluralidade cultural para o aluno em sala de aula?

5 - De que forma fazer com que os alunos respeitem essa diversidade que há na sala de aula, tanto pelo lado cultural quanto a do conhecimento prévio do aluno?

Esta entrevista foi realizada com três professores da rede publica de Guaramirim que estão diariamente em sala de aula e com um convívio muito intenso da pluralidade cultural entre os alunos.

5 ANÁLISE E DISCUSSÃO

Diante as respostas obtidas nas entrevistas realizadas com professores alfabetizadores em relação a pluralidade cultural dos alunos, ficou de uma maneira bem clara que os alunos tem muitos conhecimentos pela vida, não importando se são pequenos ou não. Porem o que falta é planejamento dos professores.

A escola e os pais também não podem colocar a culpa somente nos professores, pois se não é planejado com freqüência é devido a falta de tempo de muitos com as salas lotadas e tendo que levar diariamente para casa suas provas, tarefas que a escola em si exige.

Ao que abrange as situações expostas para as professoras, quando questionada sobre se é possível trabalhar em todas as matérias, esta responde:

Tem alguns conteúdos que dá para trabalhar a diversidade cultural, mas outros não.´(...) Nem todos os conteúdos podem trabalhar diretamente o conhecimento prévio do aluno, mas podemos pegar algumas palavras chaves daquilo que ele trouxe e encaixar no assunto.(...). Penso que uma vantagem da pluralidade cultural em sala de é de vivenciar ou pouco aquilo que conhecem pela televisão, de apenas olhar.

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Percebe-se através deste trabalho e das entrevistas realizadas, a importância do professor utilizar o conhecimento prévio do aluno e a sua pluralidade cultural. Esse tema sendo trabalhado em sala de aula possibilita aos alunos um aprendizado mais espontâneo e verdadeiro e ao professor, a experiência de vivenciar conhecimentos simples e importantes trazidos pelos pequenos.

Através das entrevistas foi possível ver que alguns professores utilizam, porem outro as vezes nem se lembram dessa dinâmica. Há aqueles que dizem que não utiliza, pois a aula ficaria mais demorada e como é estipulado cronograma para entrega de notas e avaliações ficaria difícil, então preferem dar o conteúdo me uma maneira mais simples e rápida para logo aplicar a avaliação e ir para outra matéria.

Foi muito gratificante, pois através do mesmo podemos nos basear para dar mais valor ao conhecimento prévio dos nossos atuais alunos e futuros e aproveitar o conhecimento prévio para abranger outros conteúdos através da pluralidade cultural de cada aluno. Sendo muito importante para o amadurecimento de cada acadêmico que aqui realizou esse paper.

REFERÊNCIAS

SIGNORELI,Vinicius. O Ensino e as Condições Iniciais do Aluno. Disponível em: <http://www.educared.org/educa/index.cfm?pg=oassuntoe.interna&id_tema=15&id_subtema=1&cd_area_atv=5>. Acessado em: 16 de julho de 2012.

ARISTOTELES. Disponivel em <http://pensador.uol.com.br > . Acesso em: 03 nov.2012