Trabalho Completo Aquecimento

Aquecimento

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Ciências

Enviado por: cleiltonlimaevc 27 agosto 2013

Palavras: 298 | Páginas: 2

Leia o texto abaixo:

Aquecimento global pode acabar com o pão francês

Débora Spitzcovsky, 16 de maio de 2011

Já pensou em ter que tirar, para sempre, da sua dieta o delicioso pão francês? Pois um estudo realizado pelos pesquisadores da Science concluiu que, por culpa do aquecimento global, estamos cada dia mais perto dessa realidade.

A pesquisa analisou o impacto das mudanças climáticas nas quatro principais culturas consumidas pela população mundial – trigo, arroz, milho e soja – e concluiu que a produção do trigo é a mais afetada pelo aumento da temperatura: atualmente, ela está 5,5% menor do que se os termômetros não tivessem subido e a tendência é essa porcentagem aumentar junto com a temperatura global.

Sendo assim, a produção de todos os alimentos à base de trigo – como pães, massas e bolachas – sofrerá redução, mas a maior ameaça é à fabricação do pão francês. Isso porque, de acordo com os pesquisadores, a iguaria – também conhecida como cacetinho, média e carioquinha, entre outros nomes, pelo Brasil afora – é uma das que possui maior teor de glúten: uma proteína encontrada na semente do trigo.

Ainda segundo os cientistas, por enquanto os avanços nas tecnologias de produção estão dando conta de combater os efeitos da natureza e manter o ritmo de fabricação da iguaria, mas, quanto mais a temperatura subir, mais difícil será evitar o desaparecimento do pãozinho francês. Será que, com essa notícia, mais pessoas se animam a lutar contra o aquecimento global?

Texto disponível em: http://super.abril.com.br/blogs/planeta/aquecimento-global-pode-acabar-com-o-pao-frances/

O texto acima apresenta discurso de divulgação científica. Ele é constituído a partir de dois discursos, que são:

Resposta

a.

O discurso da culinária e do jornalismo.

b.

O discurso da ciência e do cotidiano.

c.

O discurso da academia e da ciência.

d.

O discurso da medicina e do cotidiano.

e.

O discurso da ciência e do jornalismo.