Trabalho Completo Ciência Social

Ciência Social

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Ciências Sociais

Enviado por: Sl210800 29 outubro 2012

Palavras: 853 | Páginas: 4

Processo de socialização

A socialização é um processo de aprendizagem e assimilação de hábitos característicos de um grupo social, é continuo e realizado através da comunicação.

O processo se dá desde os primeiros dias de vida, porém o primeiro e talvez mas o mais importante é o processo primário, que é aquele em que a criança estabelece relações com sua família, além do caráter biológico, ao socializar-se com os membros da família a criança constrói a estruturação fundamental para a socialização da pessoa ao longo de sua vida. É nesta etapa que assimilamos mais facilmente os valores que nos são incutidos. Sem essa etapa fica mais difícil do individuo interagir com os demais da sociedade.

Outra etapa muito importante é na fase da socialização na escola, pois nela aprendemos a lidas com regras e a interagir com os colegas de diferentes culturas e costumes, aprendendo assim a aceitar e a respeitar a ter limites . Na escola muitas vezes nos identificamos mais com alguns colegas do que com outros, por estes terem o “mesmo” modo de pensar e agir que nós, e muitas vezes quando a criança não consegue estabelece uma boa relação com o restante da turma, esse é alvo de piadas e de respeito, o que hoje é caracterizado como “bulling”.

Assim sendo, o processo de socialização é muito importante em todas as etapas, pois dependendo de como o individuo se relaciona com os demais, este pode sofrer preconceitos, o que pode acarretar em várias frustações, afetando assim a vida social como um todo.

GRACS

Aula-tema 3: O indivíduo e a sociedade

Esta atividade é importante para desenvolver habilidades de análise e raciocínio crítico, especialmente para refletir sobre a questão da socialização e dos papéis sociais.

Passo 1: Considere que Reinaldo Dias, ao discutir o processo de socialização, destaca que entre os principais agentes de socialização de uma sociedade estão a família e a escola. Faça esta leitura no livro-texto e avalie quais as principais características dos agentes.

Passo 2: Elabore um texto, de no máximo 30 (trinta) linhas, que apresente uma discussão sobre os processos de socialização que acontecem na infância, enfatizando as consequências destes sob os indivíduos e também sob a sociedade em que este se insere. Ao longo de sua análise, apresente exemplos de sua própria vida e experiência cotidiana que possam ser pensados dentro deste contexto sociológico.

Não tem como imaginar a sociedade sem pensar nas pessoas que a compõem, o ser humano está ligado à vida em sociedade. A sociedade e a extensão do individuo. Se o individuo tem má índole, se é cruel, mentiroso, isso tudo se reflete na sociedade que ele vive. O que se observa, deste modo, é que as pessoas nascem dentro de um grupo e este constituirá o indivíduo com os mesmos traços sociais compartilhados por outros membros e que, por este motivo, o farão ser aceito dentro do grupo social a que pertence.

Socialização, é o processo pelo qual o ser humano, desde criança, aprende o modo de vida de sua sociedade, desenvolvendo sua capacidade de se tornar um indivíduo e um membro do grupo em que se encontra. É um processo contínuo que nunca se dá por terminado. Sem essa passo fica mais difícil do individuo interagir com os demais da sociedade.

Entre os principais agentes de socialização estão a família, a escola, os meios de comunicação de massa, entre outros.

Por outro lado, os mecanismos da socialização não inviabilizam que o indivíduo adquira personalidade própria. Isto quer dizer que, socializados, os indivíduos não se tornam todos iguais, apenas compartilham certos traços que permitem sua identificação como parte de um grupo específico.

Certas personalidades adquirem destaque no conjunto da vida social, que podem acabar sendo “copiadas”, contribuindo assim para o processo de socialização. É assim que surgem os “heróis”, que se tornam símbolos sociais expressivos ao apresentarem traços de personalidade que inspiram a imitação. Os heróis refletem muito sobre a própria sociedade.

A vida em sociedade é pautada em relações sociais que se estabelecem a partir de posições sociais definidas em termos de prestígio social. Por sua vez, a posição que um indivíduo ocupa na sociedade é chamada de status.

A posição social do indivíduo acaba por determinar o comportamento ou o seu papel social, além de estabelecer normas de condutas para serem seguidas, fixa direitos e obrigações. Em outras palavras, a posição social do indivíduo pode torná-lo um objeto de admiração ou de recriminação.

Por outro lado, destaca-se que a cada posição social (status) ocupada por uma pessoa corresponde a um determinado papel social, que nada mais é do que o comportamento socialmente esperado de uma pessoa que detém um certo status. Voltando à socialização, durante sua formação é que se dá um processo de aprendizagem do comportamento de papéis.

A relação entre o indivíduo e a sociedade, envolve processos e mecanismos dos quais a maioria das pessoas não se dá conta. A perspectiva de que a sociedade constrói o indivíduo e, com isso, acaba por determinar suas relações precisa ser considerada como senso crítico em nome da compreensão de suas complexidades. Por isso a importância das Ciências Sociais, que debatem e refletem sobre este quadro com propriedade e embasamento reflexivo.