Trabalho Completo Engrenagem

Engrenagem

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: aajusto 28 setembro 2013

Palavras: 757 | Páginas: 4

Passo 1 (Equipe)

Pesquisar sobre os diversos tipos de engrenagens utilizadas. Reunir fotos, imagens e

esquemas que expliquem a funcionalidade de cada espécie de engrenagem. (Reservar o conteúdo obtido para finalizar o primeiro relatório que será solicitado na Etapa 2).

Tipos de Engrenagens

Alguns tipos mais proeminentes e úteis de engrenagens industriais são:

1) Engrenagens cônicas: Nas engrenagens cônicas, os dentes formam uma malha perfeitamente unida. Estas engrenagens são úteis quando há uma mudança necessária no sentido de rotação do eixo. Estes modelos de engrenagens podem ser usados com diferentes números de dentes para aumentar ou diminuir a velocidade de rotação. Embora os modelos de engrenagens cônicas sejam geralmente instalados em eixos com um ângulo de 90o, elas funcionam bem em outros ângulos igualmente. Os tipos de engrenagens cônicas são considerados muito benéficos, pois permitem ajustes durante a fase de montagem.

2) Engrenagens diferenciais: Esta engrenagem é muito comumente usada nos automóveis. Faz a ligação entre dois eixos distintos com uma cobertura e ajusta os ângulos de rotação. Há um conjunto de engrenagens coaxiais presentes nas engrenagens diferenciais. Este conjunto inclui pinhões e plataforma giratória.

3) Engrenagens sem-fim: De um modo geral, a engrenagem é uma espécie de mecanismo de transporte. Ela pode ser usada para transmitir potência em motores usados em muitos campos industriais. Este mecanismo de transporte é composto de duas partes, que incluem a roda sem-fim e o parafuso. Como uma espécie de arranjo da unidade, a engrenagem tem suas próprias características únicas. O mecanismo de transporte tem a relação de transmissão alta com grande força axial. Além disso, sua estrutura é mais compacta do que a estrutura de engrenagens cônicas. Em virtude das características acima mencionadas, o mecanismo de acionamento é amplamente utilizado em muitos lugares.

4) Engrenagens helicoidais: Estes dispositivos são também um dos mais conhecidos tipos de engrenagens industriais. Os dentes dessas engrenagens são projetados para formar uma malha em um ângulo adequado, com a intenção de criar uma carga de empuxo ideal. O termo “helicoidal” é devido aos seus dentes, que são curvos ao longo de uma trajetória helicoidal ou se assemelha a uma hélice. Seu design avançado permite um bom funcionamento destas engrenagens. Estas engrenagens podem confortavelmente transportar cargas pesadas devido à superfície de contato maior com os dentes.

5) Engrenagens de dentes retos: Embora essas engrenagens sejam simples em termos de operação, estes dispositivos mecânicos são aproveitados em uma infinidade de aplicações industriais e não industriais. Eles são frequentemente encontrados em formas cilíndricas ou de disco. Estas engrenagens são utilizadas para a finalidade de fazer variações na força e na velocidade de rotação de eixos. Eles possuem dentes retos e são normalmente instalados em eixos paralelos. Eles podem ser usados separadamente ou em uma combinação de duas ou mais engrenagens cilíndricas, dependendo do âmbito e da natureza da aplicação.

Passo 2 (Equipe)

Buscar informações sobre as relações existentes das engrenagens, tais como, frequência,período ou frequência angular.

FREQUÊNCIA

Objetos móveis que executam movimento circular possuem uma propriedade denominada frequência. A frequência indica o número de vezes que o fenômeno se repete na unidade de tempo. Então, medidas usuais de frequência podem ser: voltas por segundo, rotações por minuto (rpm), etc.

No Sistema Internacional, a unidade é chamada de Hertz (Hz). Por exemplo, um motor elétrico que gira a 3.000 rpm teria a seguinte frequência:

f = 3000 rotações / 60 segundos = 50 Hz

Veja alguns dos inúmeros casos em que temos movimentos circulares envolvidos: motores de automóveis, brinquedos de parques de diversão, limpadores de pára-brisas automotivos, discos, engrenagens, câmbios de bicicletas e de outros veículos, polias e correntes transmissoras de movimentos, esteiras mecanizadas, etc.

A velocidade angular v entre duas engrenagens deve ser constante. Ela é igual tanto na engrenagem movida quanto na motora.

mot mov mot mov r

ω (8)

O torque transmitido T se relaciona com velocidade angular pela fórmula:

(9)

Assim, um engrenamento é essencialmente um dispositivo de troca de torque por velocidade e vice-versa. Uma utilização comum de engrenamento é reduzir velocidade e aumentar o torque para grandes carregamentos, como em caixa de marchas em automóveis. Outra aplicação requer um aumento na velocidade e uma conseqüente redução no torque. Nos dois casos é geralmente desejável manter uma razão constante entre as engrenagens enquanto elas giram.

Uma condição para que a lei fundamental das engrenagens ser verdadeira é que o perfil do dente das duas engrenagens deve ser conjugado ao outro. Uma maneira de se conjugar as engrenagem é usando o chamado evolvental para lhes dar forma.

mot mov mot mov r e

Passo 3 (Equipe)

Listar duas marcas diferentes de carro que possam mostrar o dimensionamento e as

frequências de cada sistema transmissivo.