Trabalho Completo A Importância Do Nitrogênio

A Importância Do Nitrogênio

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Ciências

Enviado por: Veraluciaferr 21 agosto 2013

Palavras: 1418 | Páginas: 6

PÁGINA 18

Esta pesquisa tem por objetivo explicitar a importância do nitrogênio nos sistemas natural e produtivo. Para tanto, cada grupo pode buscar informações sobre um ou mais itens sugeridos a seguit, ou mesmo sobre outros itens de acordo com a orientação de seu professor. Sugere-se busca em livros didáticos de Biologia, em jornais, revistas e na internet.Tente organizar sua pesquisa levando em consideração as orientações abaixo. Prepare um resumo para apresentar a seus colegas.

• Busque exemplos que mostrem a importância do ciclo do nitrogênio.

• Relacione o ciclo do nitrogênio com a síntese de proteínas, assim com a importância dessa síntese para a vida como a conhecemos.

• Procure informações sobre o uso de fertilizantes à base de nitrogênio.

• Pesquise informações sobre as reações de obtenção de algumas substâncias nitrogenadas fabricadas a partir da amônia e presentes em fertilizantes, tais como a ureia (NH2)2, SO4), a cloreto de amônio (NH4C1), o fosfato de cálcio e amônio (CaNH4PO4) e o nitrato de amônio e cálcio (C2NH4(NHO3)3).

• Busque informações sobre reações que descrevem o uso da amônia como matéria- prima usada na produção de ácido nítrico e da barrilha (carbonato de sódio).

• Pesquise sobre os usos do ácido nítrico como matéria-prima.

O processo pelo qual o nitrogênio ou azoto circula através das plantas e do solo pela ação de organismos vivos é conhecido como ciclo do nitrogênio ou ciclo do azoto. O ciclo do nitrogênio é um dos ciclos mais importantes nos ecossistemas terrestres. O nitrogênio é usado pelos seres vivos para a produção de moléculas complexas necessárias ao seu desenvolvimento tais como aminoácidos, proteínas e ácidos nucléicos.

O principal repositório de nitrogênio é a atmosfera (78% desta é composta por nitrogênio) onde se encontra sob a forma de gás (N2). Outros repositórios consistem em matéria orgânica nos solos e oceanos. Apesar de extremamente abundante na atmosfera o nitrogênio é frequentemente o nutriente limitante do crescimento das plantas. Isto acontece porque as plantas apenas conseguem usar o nitrogênio sob duas formas sólidas: íon de amônio (NH4+) e íon de nitrato (NO3-), cuja existência não é tão abundante. Estes compostos são obtidos através de vários processos tais como a Fixação, Nitrificação, Fixação biológica, Fixação atmosférica, Fixação industrial, Combustão de combustíveis fósseis, Assimilação, Mineralização, Desnitrificação e Eutrofização. A maioria das plantas obtém o nitrogênio necessário ao seu crescimento através do nitrato, uma vez que o íon de amônio lhes é tóxico em grandes concentrações. Os animais recebem o nitrogênio que necessitam através das plantas e de outra matéria orgânica, tal como outros animais (vivos ou mortos).

O ciclo do nitrogênio tem grande importância em disponibilizar este elemento de forma que possa ser absorvido pelo organismo dos seres vivos. A principal molécula estrutural de um ser vivo é a proteína, essa molécula tem como subunidade os aminoácidos. Uma proteína se forma a partir de ligações químicas que ocorrem entre aproximadamente 20 tipos de aminoácidos (nos animais). Esse tipo de ligação entre aminoácidos é chamado de “ligação peptídica” onde um grupo amina (NH2) de um aminoácido se liga a um grupo carboxila (COH) de outro aminoácido formando ao longo de muitas ligações os peptídeos ou proteínas. Note então, que o grupamento amina contém nitrogênio, daí sua importância na composição molecular de todos os seres vivos.

FERTILIZANTE DE NITROGÊNIO, Um polímero de uréia-formaldeído em partículas de liberação lenta útil como fertilizante para intensificar o fornecimento prolongado de nitrogênio necessário para desenvolvimento e crescimento da planta e um fertilizante granular preparado com o polímero de uréia formaldeído em partículas.

Os fertilizantes a base de nitrogênio são para deixar a terra mais rica em nutrientes.

O famoso NPK(nitrogênio,potássio,fósforo)tem suas porções certas para suprir cada necessidade dos vários tipos de terra.Os mais famosos são o 101010e041408,mas em quantidades moderadas,senão a química “queima” as raízes.

”FERTILIZANTE NITROGENADO CONTENDO NITROGÊNIO URÉICO, NÍTRICO, AMONIACAL E ORGÂNICO, DE SOLUBILIDADE GRADUAL E NITRIFICAÇÃO PROGRESSIVA, E, PROCESSO DE OBTENÇÃO DO MESMO” As características de solubilidade gradual e nitrificação progressiva são obtidas ao se colocar em contato o fertilizante nitrogenado associado físico-quimicamente com um silicato e/ou um sulfato inorgânico, o que permite a liberação gradual das diferentes formas de nitrogênio, tanto pela ação de adsorção-absorção dos silicatos, como pelo aparecimento de uma membrana orgânica insolúvel formada pelo sulfato cálcico. O processo de obtenção se baseia em misturar, em um reator-misturador, uréia, sulfato amoníaco e um silicato, acrescentando depois uma fonte de ânion nitrato (NO~ 3~^ -^), mantendo a reação sob um sistema de aspiração eficaz, para acrescentar finalmente uma fonte de nitrogênio orgânico

Modernamente o ácido nítrico é produzido a partir do processo de Ostwald, onde amônia é queimada com ar sob telas catalíticas de platina gerando monóxido de nitrogênio (NO), que oxidado com ar à dióxido de nitrogênio (NO2) é absorvido sob pressão em água formando ácido nítrico. O processo envolve altas temperaturas e pressões próximas da atmosferica

A principal aplicação do acído nítrico é na produção de fertilizantes.

Entre os sais do ácido nítrico estão incluidos importantes compostos como o nitrato de potássio (nitro ou salitre empregado na fabricação de pólvora) e o nitrato de amônio como fertilizante.

O ácido nítrico também pode ser utilizado na obtenção de um éster, em um processo chamado de esterificação:

* Ácido nítrico + Álcool metílico → Nitrato de metila + água

NO2 - OH + HO - CH3 → NO2- O - CH3 + H2O

O ácido nítrico é utilizado na oxidação do ciclohexanol/ciclohexanona na produção de ácido adípico na cadeia do nylon.

Além destes usos , o ácido nítrico, em várias concentrações, é utilizado para fabricação de corantes, explosivos (destacadamente a nitroglicerina, a nitrocelulose, além do ácido pícrico) , diversos ésteres orgânicos, fibras sintéticas, nitrificação de composto alifáticos e aromáticos, galvanoplastia, seda artificial, ácido benzóico, terylene, etc.

PÁGINAS 27

Catalisadores nas transformações químicas

1. Explique com suas palavras o que é catalisador?

R: Catalisadores são substâncias que aceleram as transformações químicas mas não fazem parte da mesma.

2. Cite exemplos de situações em que o uso de catalisadores é importante.

R: Na produção da amônia, e acelera também a transformação de alguns dos gases resultantes da queima dos combustíveis nos motores em outros menos poluentes.

PÁGINAS 28

3. O que se manteve constante quando se comparam os experimentos 1 e 2? O que varia?

R: A massa dos metais e o volume e concentração do ácido clorídrico. Variam: o zinco no experimento 1 e o cobre no experimento 2.

4. Foram observadas diferenças nos resultados? Quais?

R: Na substância 1 houve liberação de gás hidrogênio e calor, na na 2ª não houve mudanças.

PÁGINAS 29

5. O que se manteve constante quando se comparam os experimentos 3 e 4? O que variou?

R: A massa de cobre não se altera no experimento 4. No experimento 3 não se usa cobre.

6. Foram observadas diferenças nos resultados? Quais?

R: Sim, foram observadas diferenças. O tempo no experimento 4 foi menor.

7. Por que foram realizados os experimentos 1 e 2?

R: Para verificar quais elementos reagiam, ou seja, observar as diferenças entre experimentos com Cobre e Zinco no ácido clorídrico.

8. O que se pode dizer sobre a ação do cobre na transformação?

R: O cobre não altera a transformação, apenas acelera-a, portanto deve ser um catalisador.

PÁGINAS 29 e 30

A Resolução nº 18 do Conama (Conselho Nacional do Maio Ambiente), de 6 de Maio de 1986, estabeleceu limites máximos de emissão de poluentes do ar para os motores e veículos automotores novos. Esses limites deveriam ser obedecidos a partir de junho de 1988. Para cumprir essa resolução foi necessário que os carros novos já saíssem da fábrica com catalisadores.

Faça uma pesquisa sobre os catalisadores utilizados em automóveis. Busque informações em livros didáticos, em jornais, em revistas, na internet, etc. Procure saber qual a função do catalisador, de que é feito, como é construído, como funciona, dê exemplos de algumas das transformações químicas em que ele participa etc. Escreva um pequeno texto com os resultados da sua pesquisa.

Um catalisador é uma substância que afeta a velocidade de uma reação, mas emerge do processo inalterada. Um catalisador normalmente promove um caminho (mecanismo) molecular diferente para a reação. Por exemplo, hidrogênio e oxigênio gasosos são virtualmente inertes à temperatura ambiente, mas reagem rapidamente quando expostos à platina, que por sua vez, é o catalisador da reação.

Catalisadores sintéticos comerciais são extremamente importantes. Aproximadamente um terço de todo material do produto nacional bruto dos Estados Unidos da América envolve um processo catalítico em alguma etapa entre a matéria-prima e os produtos acabados. Como um catalisador torna possível a obtenção de um produto final por um caminho diferente (por exemplo, uma barreira de energia mais barata), ele pode afetar tanto o rendimento quanto a seletividade.

O catalisador pode diminuir a energia de ativação, aumentando assim a velocidade da reação.