Trabalho Completo Intertextualidade

Intertextualidade

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Língua Portuguesa

Enviado por: jessica.feitosa 19 setembro 2013

Palavras: 523 | Páginas: 3

Intertextualidade

A intertextualidade é uma espécie de conversa entre dois textos, que pode ser implícita ocorre sem citação expressa da fonte, que o autor não da origem no texto, como por exemplo nas paródia, certos tipos de paráfrases e ironias. Explicita que ocorre quando há citação da fonte do intertexto, como acontece por exemplo em resumos, resenhas e traduções.

A intertextualidade se conceitua como diálogo que estabelece entre texto verbais e não verbais. Nas nossas conversas do dia a dia, muitas vezes fazemos referencia do modo de dizer, ao gestos, as palavras ditas, manifestados por uma determinada pessoa, seja aquele personagem de televisão, aquele amigo que gostamos muito, alguém da família, enfim, várias as pessoas que podemos nos referir. Quando escrevemos, também podemos proceder da mesma forma, fazendo alusão(referência) as palavras ditas, canções e entre outros casos. Todas essas situações representam casos de intertextualidades, no entanto até os anúncios publicitários, pinturas, etc.

O intertexto só funciona quando o leitor é capaz de perceber a referência do autor a outras obras ou a fragmentos identificáveis de variados textos. O intertexto não esta somente ligado no contexto literário, ele pode estar também em uma pintura, uma propaganda publicitária como por exemplo, o autor que anuncia o bom bril está trajado com a mona lisa, criada por Leonardo da Vinci.

A pelo menos sete tipos de intertextualidade.

A epígrafe consiste em um texto inicial, um pequeno trecho, ou mesmo um titulo, ela pode ser colocada antes do assunto de uma frase, ou tem como objetivo abrir uma narrativa, guardando com ela alguma relação mais ou menos oculta. A citação é um fragmento transcrito de outro autor, inseridos nos textos entre aspas. Essa modalidade de intertextualidade é utilizada quando um escritor se vale da passagem de uma obra prévia para dar início ao seu próprio enredo.

Citação: é uma transcrição de um texto alheio, marcado por aspas. É a referência a uma passagem do discurso de outra pessoa no meio de um texto, entre aspas e normalmente acompanhada da identidade de seu criador.

Paráfrase é a reprodução do texto de outro com as palavras do autor. Ela não confunde com o plágio porque seu autor explicita a intenção, deixa claro a fonte.

Paródia: Paródia é a criação de um texto a partir de um bastante conhecido, ou seja, com base em um texto consagrado alguém utiliza sua forma e rima para criar um novo texto cômico, irônico, humorístico, zombeteiro ou contestador, dando um novo sentido ao texto.

Essa intertextualidade também pode ocorrer em pinturas, no jornalismo e nas publicidades.

Pastiche: há uma união de diversos conteúdos e o resultado é uma colcha de retalhos. Não é difícil de compreender: este recurso ocorre quando se realiza a combinação de um determinado texto com um ou mais discursos.é uma recorrência a um gênero.

Tradução: esta intertextualidade é o ajustamento de um texto composto em outro idioma à língua falada no país onde a obra é traduzida. Por exemplo, quando um livro em francês é traduzido para o vernáculo espanhol.

Referência e Alusão: aqui o escritor não indica abertamente o evento em foco; ele simplesmente o insinua por meio de qualidades menos importantes ou alegóricas.