Trabalho Completo Marketing Eletronico

Marketing Eletronico

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: bruninha3 06 maio 2013

Palavras: 1574 | Páginas: 7

 MARKETING ELETRÔNICO

O marketing eletrônico ou e-marketing é o tipo de marketing, onde as técnicas tornam-se aplicáveis através da tecnologia. A utilização do e-marketing tem sido uma alternativa competitiva de diferenciação para as organizações. Diante do concorrido cenário do mercado, é necessário que as empresas revejam suas estratégias especialmente relativas ao marketing. Utilizar o meio eletrônico é uma estratégia que tem sido o carro chefe para algumas empresas que aumentaram de forma substancial suas vendas através dessa técnica.

As vendas através da Internet tornaram as empresas bem mais próximas de seu público-alvo, pois de maneira geral os clientes vão à procura dos produtos e serviços que desejam. O tempo e espaço não são problemas para a aproximação entre cliente – empresa ou vice-versa.

Segundo Reedy, Schullo e Zimmerman (2001), citado por Paula, Costa e Almeida (2009): O marketing eletrônico depende muito da tecnologia de redes para coordenar pesquisa de mercado e desenvolvimento de produtos, desenvolver estratégias e táticas para persuadir os consumidores, proporcionar distribuição on-line, manter registros dos consumidores, realizar serviços de atendimento aos consumidores e coletar feedback dos clientes. O marketing eletrônico aprimora o programa geral de marketing que, por sua vez, viabiliza os objetivos da empresa no comércio eletrônico.

A propaganda on-line é uma das maneiras mais econômicas de se fazer marketing hoje em dia, sendo também um dos principais benefícios trazidos pela facilidade de acesso à Internet. Ter um moderno sistema de divulgação e um excelente site significa para a empresa uma boa imagem e reputação (CASTELLS, apud BARREIRA, 2008).

Dentre as principais vantagens de Marketing Eletrônico, Barreira e Lasalvia (2008) citam:

* Baixo custo: Os meios de divulgação pela Web são considerados baixos, levando em consideração os custos por meio de propagandas em televisão, rádio, dentre outros;

* Marketing um-a-um: A possibilidade de interagir com os clientes tornou a oferta melhor adaptada as necessidades e desejos dos mesmos, trazendo um grande diferencial de competitividade; (Lovelock; Wright apud Barreiram, 2008).

* Formação de banco de dados: Todas as informações deixadas pelos clientes formam um banco de dados importante para que a empresa conheça seus perfis e utilize tais informações para realizar segmentação de mercado, promoções, entre outros.

O marketing eletrônico precisa oferecer segundo MERINO (2006), no mínimo uma vantagem para atrair o consumidor pela venda on-line, como exemplo, maior variedade de produtos, serviços diferenciados, maior conveniência como a de horário, o produto/serviço está sempre disponível a comercialização, entrega rápida ou preço menor.

 FERRAMENTAS DE MARKETING

Quando pensamos em publicidade na web, logo nos remetemos à idéia de banners, que podem ser comercializados em vários formatos, podendo conter imagens, textos ou animações. Sempre contendo um link carregado no banner que leva o usuário do site que nele clicar ao site da empresa anunciante

. As ferramentas de marketing web mais utilizadas são:

a) Full banner: peça retangular posicionada na horizontal, podendo conter imagem dinâmica ou estática, ser expansíveis ou não. É também o padrão mais utilizado para publicidade on-line;

b) Super banner: é um banner que utiliza toda a extenssão das páginas dos websites, que surte um efeito maior nos internautas angariando mais cliques que os tradicionais full baneers;

c) Popup: pode ser de qualquer formato ou tamanho, aparece no momento que é acessado o site e desaparece após alguns segundos;

d) E-mail marketing: o anunciante cria uma peça no formato de um e-mail, com links e imagens, que direcionam ao site do anunciante. Sendo enviada para usuários cadastrados ou clientes da empresa anunciante. E possuem conteúdos específicos para os possíveis compradores;

e) Compras de palavras de busca, para aprimorar a rapidez com que o site será encontrado pelos motores de busca como Google, Yahoo, entre tantos outros;

f) Banco de dados: através dos dados coletados nos banco de dados e processados geram informações que se tornam fatores importantes nas tomadas de decisões da empresa sobre seus produtos/serviços. O marketing na Internet atinge camadas formadoras e multiplicadoras de opinião, se tratando de uma mídia com custo relativamente baixo e alto índice de retorno sobre o investimento em comunicação. Oferece interatividade imediata, potencializando o efeito da mensagem publicitária que bem criada, produzida e disseminada. Diminui distâncias físicas aprimorando a relação com fornecedores possibilitando preços mais competitivos e facilita o acesso às informações completas dos produtos/serviços. Neste atual cenário digital, e-marketing surgiu como estratégia competitiva para as organizações, representando uma ferramenta que oferece interação entre empresa, consumidores e fornecedores, gerando ganhos para ambos os lados.

 A UTILIZAÇÃO DO MARKETING ELETRÔNICO

Os negócios no mundo inteiro mudaram a sua rotina perante o surgimento da internet. Essa revolução no mercado é perceptível tanto para consumidor ou empresário. Produtos que são vendidos em lojas físicas, hoje são vendidos por preços inferiores pela internet. O marketing eletrônico se consolida como um conjunto de ações eficientes e maduras, desenvolvidas para explorar e promover novos mercados e clientes. Porém, é preciso ter uma estratégia de boas práticas de usar o marketing eletrônico sem tirar a privacidade dos usuários, respeitando sempre os limites e possuindo uma postura fidedigna perante seus clientes/usuários.

Segundo Kotler (2009, p.257) “Os profissionais de marketing precisam repensar fundamentalmente os processos pelos quais identificam, comunicam e oferecem valor ao cliente. Têm de melhorar suas habilidades para administrar os clientes individuais e os parceiros. Devem estimular os clientes a participarem do projeto dos produtos que desejam.”.

 TIPOS DE MARKETING

• Email-Marketing

O email-marketing é uma técnica muito importante no mundo do e-marketing. Consiste na comunicação direta com clientes e parceiros, via e-mail (OJEDA, 2009, p.31). Nele a empresa pode optar por enviar o newsletter, um e-mail que consiste em um boletim informativo, onde a comunicação com o cliente vai além da simples oferta. O newsletter dá informações relevantes sobre produtos, sobre a empresa, divulga promoções e etc.

É importante salientar a diferença do email-marketing para o SPAM. “A partir do momento que o cliente se dispõe a receber, automaticamente esse email deixa de ser lixo eletrônico” (BOSCO, 2011, p.94).

• Mídias Sociais

As mídias sociais ou redes sociais são ferramentas online em que as pessoas compartilham informações nos chamados “círculos sociais”. Podemos citar como exemplo: Facebook, Orkut, Twitter, Linkedln, Flickr, fóruns e blogs em geral, dentre outras.

Segundo previsões da Strategy Analytics os usuários de redes de relacionamentos chegarão a 1,85 bilhão em 2015. (BOSCO, 2011, p.94). Geralmente a utilização das mídias sociais pelas empresas é para que elas se mostrem presentes no mercado, estejam inseridas junto a seus clientes e potenciais clientes, promovendo a marca, a imagem, os valores, a história, e outras informações relevantes sobre a empresa.

A mídia social, além de tudo, é um canal de interação por um meio bastante acessado, que é a plataforma social onde o usuário já está inserido. A empresa pode formar opiniões individuais de clientes que visualizem feedbacks positivos de pessoas que já compraram.

• Marketing Viral

Baseado no marketing boca a boca, essa técnica tem como objetivo propagar informações acerca de produtos e serviços através das redes sócias, e-mails, sites, entre outros. Seu alcance está em atingir o maior número de pessoas possíveis e fazer com estas possam assim repassá-las ou indicá-las a amigos. “o Marketing Viral é “[...] uma estratégia que tira partido dos fluxos contínuos, permanentes e contagiosos da comunicação online, como se de uma epidemia se tratasse [...]” (SILVA, 2010, p.7).

• Mobile Marketing

Atualmente há um grande crescimento do número de usuários de aparelhos móveis. “Segundo o relatório da Nielsen, mais de 30% dos brasileiros que possuem celular têm um smartphone, totalizando algo próximo a 19 milhões de aparelhos em uso, dentre as mais de 250,8 milhões de linhas ativas” (TURCHI, 2012). Sendo assim, as empresas se utilizam da evolução destas tecnologias para repassarem propagandas acerca de produtos, serviços e outras informações pelos dispositivos móveis. Em celulares, por exemplo, pode haver marketing via SMS, um canal direto que necessita da linha telefônica do usuário, e via Internet móvel, que “se diferencia bastante da convencional, exigindo que sejam criados sites [e aplicativos] especiais para esses aparelhos – chamados mobile sites – para otimizar a experiência dos usuários enquanto estão em movimento.” (SANTOS, 2009, p.3).

• Pesquisa Online

Utilizando-se de mídias digitais, a empresa pode saber se a marca ou produto está sendo bem aceito pelos clientes. A pesquisa online não é diretamente uma ferramenta de marketing. Essa técnica é bem mais utilizada para avaliação de resultados e níveis de satisfação dos clientes e também como pesquisa de mercado através de alguma mídia eletrônica. É também uma ferramenta onde os próprios clientes procuram por produtos desejados e que lhes agregue valor.

 CONCLUSÃO

O Marketing Eletrônico está tendo uma importância cada vez maior nas empresas. A empresa que está inserida nas mídias sociais, que possui um site confiável, ela sim concerta fidelizará seus clientes e sairá nas vantagens com suas divulgações.

Com todas as informações e os dados coletados conclui-se que algumas estratégias de marketing Eletrônico são bem mais baratas em relação ao marketing de comércio tradicionais (marketing visual, propaganda de radio e carro de som).

Desse modo, é muito vantajoso para a empresa utilizar estratégias de marketing Eletrônico tanto pelo baixo custo, pela grande propagação, como pelo benefício causado a imagem da marca. É importante salientar que a empresa deve ter bom senso ao utilizar as técnicas de marketing Eletrônico, pois embora o custo seja pequeno não compensa bombardear o mercado de anúncios, emails entre outros. É preciso agir com cautela e escolher quais as técnicas mais adequadas para utilizar de acordo com o público alvo e o posicionamento da empresa.

 Bibliografia

http://www.portaldomarketing.com.br/Artigos/Tipos_de_Marketing.htm

http://www.artigos.com/artigos/sociais/administracao/marketing-e-propaganda/marketing-eletronico-2452/artigo/#.UVyW76I3vlw

http://www.oocities.org/hollywood/studio/1554/me3.html

http://www.infosize.com.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=87&Itemid=137

http://facape.br/textos/2008_008_COMERCIO_E_MARKETING_ELETRONICO.pdf

http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2009/anais/arquivos/RE_1196_1220_01.pdf

Nome: BRUNA NATHALY DE ALMEIDA Nº 08 3º H

MARKETING

ELETRÔNICO