Trabalho Completo Nome E Sobrenome

Nome E Sobrenome

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Língua Portuguesa

Enviado por: estudantes2013 28 setembro 2013

Palavras: 934 | Páginas: 4

VIEIRA, Cácia M. Nunes

AVALIAÇÃO DA COLETÂNEA DE AULAS

Conforme os objetivos propostos pela educadora é simples trabalhar com os(as) alunos a leitura e a escrita mesmo que de forma hipotética, utilizando-se de alfabeto, giz colorido para escrever os nomes.

A mediadora deve ter conhecimentos prévios necessários para criar e recriar palavras novas e construir os saberes fazeres de cada um(a). Para tanto deverá adequar as atividades aos objetivos propostos para atingir a sua meta que é a aprendizagem significativa. Não só no nível de educação básica do ensino fundamental, mas também na Educação de jovens e adultos.

Percebe-se que a criatividade foi o ponto chave para trabalha o nome e sobrenome da criança, visto que, a educadora consegui atingir os seus objetivos, pois os aprendizes conseguiu acompanhar e desenvolver o raciocínio e a aprendizagem significativa. Já para a EJA precisa-se adequar os recurso sobre o material didático, pois trata-se de um público adulto.

Já o tempo disponível para cada atividade deu a professora maior flexibilidade para desenvolver as atividades sem presa para a realização da mesma.

A avaliação qualiquantitativa/processual oportunizou a educadora analisar e acompanhar o desenvolvimento de cada participante, observando assim quais o pontos fracos e forte de cada um(a).

Portanto, a alfabetização é o processo pelo qual se conhece as letras e a sua utilização como código de comunicação.

ATIVIDADE COM O NOME

Título: Identificando o seu nome

Tema: Leitura e Escrita: o lúdico na aprendizagem

Componente Curricular: Língua Portuguesa

Nível de Ensino: 1º ano das séries iniciais Educação Básica do Ensino Fundamental

Educadora: Cácia Mirian Nunes Vieira

IDENTIFICANDO O SEU NOME

OBJETIVO: desenvolver a Leitura e a Escrita de forma lúdica, além de promover a aprendizagem significativa.

MATERIAIS: Letra da composição Gente tem sobrenome, Carteiras, etiquetas com o nome da criança, cartelas em formato de identidade, ficha com o nome completo do(a) aluno(a), tinta guache azul petróleo, caixa de sapato com tampa, cola e lápis de cor.

PROCEDIMENTO:

Na carteira do(a) aluno(a) deverá colar uma etiqueta com o nome dele(a) escrito;

Entregue para o(a) aluno(a) um papel escrito o nome igual ao da carteira e pedir que ele(a) localize e a identifique!

Explique que irão trabalhar o nome e sobrenome, e que após a leitura do texto cada um(a) receberá uma cópia do texto para que seja colorido o objeto que for identificado no mesmo.

Será entregue uma carteira de identidade para que as crianças represente a sua imagem através de um desenho, coloque a sua digital e escreva o seu nome completo.

Criara-se-á um fichário para que seja colocado as identidades.

Tempo estimado 500min; cinco encontros de 100 minutos cada ou seja, duas aulas seguidas a cada encontro sendo uma vez por semana.

AÇÃO I: Leitura com hipóteses

1. identificar as carteiras com o nome de cada participante;

2. quando as crianças forem chegagando entregue a ficha com o nome completo e solicite que encontre a carteira que está com o seu nome afixado;

3. fazer a leitura do texto “gente tem sobrenome”;

4. entregar o texto para cada um(a) e repetir a leitura;

5. pedir para que preste atenção e acompanhe a leitura;

6. solicite que ele(a) localize no texto o nome das coisas e colorir de rosa;

7. idem o nome das flores colorir de vermelho e laranjado;

8. idem o nome dos brinquedos este deve ser colorido com a cor da sua imaginação;

9. idem as coisas gostosas colorir de azul.

AÇÃO II: Localizando-se na sala

1. trocar os nomes de lugar e peça para que cada um(a) localize a carteira que tem o seu nome, conforme esta escrito na ficha;

2. relembrar o texto e fale sobre o nome e a importância do sobrenome;

3. solicite que a criança fale o seu nome e sobrenome;

4. pedir que agrupe conforme o último sobrenome;

5. explicar o que diferencia um do outro;

6. mostrar que uns são pelo nome, outros pelo sobrenome, pela data de nascimento e ou pelo nome da mãe.

AÇÃO III: Desenhando e colocando a Digital

1. repetir o movimento dos nomes nas carteiras, porém em ordem alfabética;

2. relembrar o que diferencia um nome do outro;

3. explicar sobre a identidade;

4. solicitar que escreva o nome completo na folha colorida que está sobre a carteira;

5. apresentar uma carteira de identidade;

6. falar que eles(as) irão construir a sua própria carteira de identidade;

7. mostrar o modelo explicando como deve proceder.

8. informar que na parte de cima irão representar a sua imagem;

9. colocar a digital na parte inferior utilizando a tinta guache.

AÇÃO IV: A escrita do nome e a identidade pessoal;

1. redistribuir os nomes começando pelas vogais;

2. relembrar que cada um(a) deve localizar a sua carteira;

3. Pedir para que reescreva o nome e sobrenome na folha utilizado na última aula;

4. reapresentar a carteira de identidade relembrando-o passo-a-passo;

5. solicitar que escreva o nome na identidade;

6. verificar com o voto da maioria o que o torna diferente do colega: como data de nascimento, nome da mãe, cidade onde nasceu e outros.

7. Essas informações são necessárias para acrescentar na identidade;

AÇÃO V: Construção do fichário

1. repetir o movimento dos nomes nas carteiras em ordem alfabética;

2. explicar todo o processo até o último passo;

3. entregar as partes da identidade e pedir para que as crianças cole um verso sobre o outro;

4. envolver no plástico transparente aderentes;

5. montar o fichário em ordem alfabética;

AÇÃO VI: Avaliação

1. pedir para cada um(a) colocar a sua identidade na letra que começa com a do seu nome;

2. informar que este fichário ficará disponível para que a criança tenha acesso a sua identidade;

3. dizer que cada um(a) ao chegar deverá pegar a identidade no fichário e deixar sobre a carteira;

6. devera no final da aula recolocar a identidade no fichário.

Lembre-se:

Essa atividade poderá ser trabalhada por um semestre ou mais, visto que são praáticamente infinitas as possibilidades para desenvolver a leitura e a escrita através do nome e sobrenome.