Trabalho Completo O PROFETA NATÃ

O PROFETA NATÃ

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Religião

Enviado por: ionaloureiro 20 agosto 2013

Palavras: 472 | Páginas: 2

NATÃ, UM HOMEM DE CORAGEM

Todos lembramos muito bem do rei Davi, o homem segundo o coração de Deus. Todas as atenções são voltadas para ele, mas não podemos nos esquecer de algumas pessoas que fizeram parte de sua vida e que foram grandes instrumentos nas mãos de Deus para que os propósitos do Senhor se cumprissem em sua vida.

A este respeito, desejo abordar a vida de um homem que exerceu um papel fundamental na vida de Davi. O Profeta Natã.

Como todos sabemos, em dado momento de sua vida, o rei Davi se atolou no pecado. Adulterou e como se não bastasse, mandou assassinar o marido desta mulher, um homem inocente, articulando a sua morte em um das batalhas travadas por seu exército. Davi se deixou embriagar pelo pecado. Como disse o autor da carta aos Hebreus, o pecado tenazmente nos assedia e Davi não resistiu, se rendeu ao pecado de forma absurda.

Foi preciso então que um homem de coragem confrontasse o grande rei de Israel. Assim, obedecendo a voz de Deus “E o Senhor enviou Natã a Davi” (II Sam. 12:1), apresentou com muita sabedoria uma ilustração ao rei, despertando o seu senso de justiça e conscientizando-o do seu erro, de seu pecado “Tu és este homem!”(II Sam. 12:7). Davi então recupera a sua boa consciência, busca o caminho do arrependimento e se concerta com Deus. “Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor” (II Sam. 12:13)

Fico imaginando a coragem deste homem que conseguiu despertar a consciência do rei de Israel. Como rei, Davi poderei mandar matá-lo como muitos reis faziam ao serem contrariados. Mas Natã não teve medo, o seu chamado estava acima de seus sentimentos. O rei precisava acordar! O rei precisava ser salvo! O rei precisava ser perdoado!

“Irmãos, se algum dentre nós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados” (Tiago 5:19,20)

Por fim, vale salientar que depois nasce Salomão, o sucessor ao trono de Israel. Davi confia a Natã a responsabilidade de educar seu filho, o herdeiro ao trono, que o chamou de “Jedidias”, que quer dizer “por amor ao Senhor”. O homem que repreendera o rei se torna seu amigo, um homem de confiança.

“Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará” (Prov. 9:8)

Penso que existem muitos Natãs que precisam cumprir o seu chamado. Não para acusar, para julgar, mas para trazer de volta à verdade corações que se desviaram dos propósitos de Deus. Penso também que é preciso que todos tenhamos um coração como o de Davi, tendo a humildade de ouvir uma repreensão sincera para que possamos voltar para o centro da vontade Deus.

Pra. Ioná Loureiro