Trabalho Completo Relatório Do Teste De Conservação De Quantidades Descontínuas De Líquido

Relatório Do Teste De Conservação De Quantidades Descontínuas De Líquido

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Psicologia

Enviado por: Mariana 18 dezembro 2011

Palavras: 1081 | Páginas: 5

...

mos se os recipientes menores tinha mais quantidade ou menos quantidade com relação ao copo y. Ele respondeu que o copo y tinha mais. Pedimos que justificasse a sua resposta e o seu argumento foi que o copo y era maior de comprimento.

No terceiro momento propomos uma nova mudança, passamos o líquido dos dois recipientes menores para um único recipiente, no entanto o novo recipiente tem um formato maior do que o copo y. (Figura 3)

E voltamos a questioná-lo se a quantidade de líquido do novo recipiente era mais, menos ou igual ao copo y. Ao observar o recipiente maior Pedro respondeu com segurança que o recipiente maior tinha mais quantidade e justificou a sua resposta dizendo novamente que ele tinha mais por ser maior de comprimento.

Segunda criança – respostas e reações:

Na segunda experiência, outro examinador mostrou a criança dois recipientes iguais no formato (copo 1 e copo 2) e afirmou para ele que aqueles recipientes tinham as mesmas quantidades de líquidos.

José 6 anos

Para verificar a percepção quantitativa de José o examinador perguntou se nos dois recipientes tinham a mesma quantidade de líquido, ele respondeu que não. Então o examinador questionou novamente, ele continuou respondendo que não, O examinador pediu a José que observasse os dois recipientes de novo, assim diante da insistência do examinador o menino mudou de opinião.

Na transformação, o examinador passou o líquido do copo 1 para outro copo maior (copo 1m), o nível do líquido do copo 1m ficou menor do que o copo 2, mas a quantidade permaneceu a mesma.

O examinador lhe perguntou se o copo 1m continuava com a mesma quantidade de líquido ou se naquele momento ele tinha mais ou menos com relação ao copo 2. José negou a conservação de quantidade dizendo: o copo 2 permanecia igual ao copo 1, no entanto o copo 1m não. Logo o examinador explicou o processo da transformação e pediu que justificasse sua resposta, ao invés de justificar a resposta José mudou de opinião dizendo que o copo 1m tinha a mesma quantidade do copo 2. O examinador pediu que ele justificasse a sua nova resposta, ele olhou para os copos, porém não respondeu.

Para finalizar o examinador faz uma nova transformação, transferindo o líquido do copo 1m para outro maior, novamente o nível do líquido diminuiu de tamanho com relação ao copo 2, em seguida perguntou se ele conserva a mesma quantidade.

José observou o novo copo demoradamente e, mais uma vez, negou a igualdade respondendo que o novo copo tinha menos. A sua justificativa foi à diferença entre os níveis dos líquidos.

Observação: todas as transformações foram feita sempre à vista das crianças.

3 - Conclusão

De acordo com as respostas de Pedro e de José concluímos que ambos encontram-se no estágio I, onde não há conservação das relações quantitativas, pois após as transformações, quando as semelhanças perceptivas não são muito acentuadas, eles julgaram as quantidades através de avaliações globais, sem haver qualquer preocupação com a quantificação. Porém não tivemos certeza do resultado de José, pelo fato das suas respostas terem sido condicionadas pelo examinador desde o primeiro momento. Terezinha Nunes Carraher afirma, na introdução do livro O Método Clínico: usando os exames de Piaget, que a teoria de Piaget é complexa e o mesmo acontece com o método. Segundo ela o exame “não é simples e exige grande prática”, por isso o examinador deve saber operacionar as suas perguntas para não condicionar as respostas da criança. Nos dois exames analisados faltou uma confrontação de contra - sugestões nas respostas para testar se as duas crianças tinham convicção nas suas respostas ou se aceitariam facilmente o argumento apresentado pelo examinador. Enfim o exame de Piaget contribuiu para uma melhor compreensão sobre o conceito de desenvolvimento cognitivo.

4 – Referência Bibliográfica

CARRAHER, Terezinha Nunes. O MÉTODO CLÍNICO: usando os exames de Piaget. 3º ed. São Paulo: Cortez, 1989.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

CENTRO DE EDUCAÇÃO

RELATÓRIO DO TESTE DE CONSERVAÇÃO DE QUANTIDADES DESCONTÍNUAS DE LÍQUIDO

Recife, 16 de maio de 2011

Relatório do Teste de Conservação de Quantidades de Líquidos

Equipe: Aline Cabral; Ana Carla; Judite Lourenço; Juliane Francisca; Maria Auxiliadora; Naara Mello; Paloma Carla.

Curso: Pedagogia, 2º período, manhã

Disciplina: Psicologia do Ensino e da Aprendizagem

Professora: Juliana Lucena

Sumário

1- Introdução..................................................................................................................... 1

2- Relatório....................................................................................................................... 1

3- Conclusão..................................................................................................................... 4

4- Referência bibliográfica................................................................................................5