Trabalho Completo SISTEMA AGRO FLORESTAL

SISTEMA AGRO FLORESTAL

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: ambiental 27 setembro 2013

Palavras: 1023 | Páginas: 5

UNESC: FACULDADES INTEGRADAS DE CACOAL

CONSERVAÇÃO E RECUPERAÇÃO AMBIENTAL

___________________________________________________________________

SISTEMA AGROFLORESTAL

Acadêmica: Willian soares pereira

Disciplina: Conservação e

Recuperação do Meio ambiente.

Prof. Celso Gonçalves Barbosa.

Cacoal-RO

2013

Sistema agro florestal:

Segundo a (EMBRAPA) Sistemas Agros florestais constituem sistemas de uso e ocupação do solo em que plantas lenhosas perenes (árvores, arbustos, palmeiras) são manejadas em associação com plantas herbáceas, culturas agrícolas e/ou forrageiras e/ou em integração com animais, em uma mesma unidade de manejo, de acordo com um arranjo espacial e temporal, com alta diversidade de espécies e interações ecológicas entre estes componentes. Nesses modelos de exploração agrícola são utilizadas culturas agrícolas e/ou pastagens com espécies florestais. Essas últimas são partes fundamentais e devem integrar tais sistemas de exploração, portanto, a não ocorrência de espécies florestais não caracteriza a exploração agrícola como agro florestal e sim como sistemas de consorciação de culturas agrícolas ou integração lavoura pecuária que são divididos em quatro grupos:

 Sistema agrossilviculturais - combinam árvores com cultivos agrícolas anuais.

 Sistema agrossilvipastoris - combinam árvores com cultivos agrícolas e animais.

 Sistemas silvipastoris – combinam árvores e pastagem (animais).

 Sistemas de enriquecimento de capoeiras com espécies de importância econômica e pousio melhorado.

METODOLOGIA DE SISTEMA AGROFLORESTAL:

As informações básicas utilizadas neste trabalho foram obtidas através de levanta mentos realizadas junto a produtores dos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A pesquisa de campo foi realizada no período de 1994 a junho de 1997. Através de formulários específicos, foram obtidos os coeficientes técnicos sobre do uso de máquinas, insumos, mão-de-obra, preços pagos (insumos, máquinas e equipamentos, serviços e mão-de-obra) e recebidos (produção), área plantada, idade de corte para as espécies florestais e produtividade dos cultivos solteiros e/ou consorciados da erva-mate, eucaliptos, pinus, feijão, milho, soja e trigo.

Também foram levantadas informações sobre uso do solo e os respectivos tipos de relevo predominante nas áreas com cultivos anuais e reflorestadas usam de crédito agrícola, assistência técnica, ocorrência de erosão, demanda de mão-de-obra bem como a distribuição das operações de cultivo ao longo do ano, para as diferentes atividades contempladas neste trabalho. Todos os produtores entrevistados recebiam assistência técnica através da extensão rural e/ou de cooperativas.

Foram implantadas as seguintes atividades de cultivo:

No primeiro ano:

 Feijão e milho - cultivados solteiros e sequenciais no mesmo ano;

 Soja e trigo - também cultivados solteiros e sequenciais no mesmo ano;

 Erva-mate solteira;

 Erva-mate com feijão e milho no primeiro ano;

 Eucalipto com feijão e milho no primeiro ano;

 Pinus com feijão e milho no primeiro ano;

No primeiroSegundo ano:

 Erva-mate com feijão e milho no primeiro e segundo anos.

 Erva-mate com milho;

 Eucalipto solteiro;

 Eucalipto com feijão e milho no primeiro e segundo anos;

 Pinus solteiro;

 Pinus com feijão e milho no primeiro e no segundo anos

Mapa de sistema Agro Florestal

Cultivo de milho e feijão

É importante ressaltar que nas entrelinhas da erva-mate, eucalipto e pinus, pode-se plantar, não apenas o feijão e milho, mas também, arroz, mandioca, soja, trigo, hortaliças, forrageiras, pastagem para animais, etc.

Preparo do solo : mesmo com a significativa participação no preparo do solo através dos sistemas de cultivo mínimo e, em menor escala, da tração animal, para todas as atividades considerou-se o preparo do solo mecanizado no sistema predominante para as culturas do feijão, milho, soja e trigo que se constitui em uma aração seguida de uma ou duas gradagens.

Ciclos de cultivo : para a erva-mate, considerou-se a realização do corte (colheita) anual, ao longo dos 21 anos analisados. Para o eucalipto, considerou-se o primeiro corte aos 7 anos, o segundo corte que é o produto da rebrota, aos 14 anos e o terceiro aos 21 anos do plantio. No pinus, são realizados desbastes aos 8, 12 e 16 anos e corte final aos 21 anos.

O cultivo do feijão e do milho solteiros:

Os produtores entrevistados que cultivam o feijão e o milho, seguem as recomendações técnicas: usam fertilizantes (misturas de N - P205 -K20) e ureia, em cobertura, e também usam sementes melhoradas, herbicidas, defensivos e fazem as capinas, quando necessárias.

Feijão e milho intercalados com espécies florestais:

Como a densidade de plantas do feijão e do milho nas entrelinhas dasespécies florestais (erva-mate, eucalipto e pinus) é menor, são usadosapenas cerca de 60% dos insumos (mão-de-obra, defensivos esementes) empregados nos respectivos cultivos solteiros Neste sistema, o plantio do feijão e do milho em sistemas agro florestais é feito manualmente, enquanto que nos respectivos cultivos solteiros, essa operação é mecanizada.

O binômio soja e trigo:

Da mesma forma que na sucessão feijão e milho, nas culturas de sojae trigo além das operações de preparo do solo (aração, gradagem e transporte interno na propriedade), são usadas sementesrecomendadas, fertilizantes, herbicidas e os defensivos necessários. Ao controle das pragas e/ou doenças.

Erva-mate consorciada com milho:

Visando facilitar as operações mecanizadas para o cultivo do milho, aerva-mate é plantada no espaçamento de 5m x 2m, com densidade de1.000 plantas/ha e o milho é plantado anualmente nas entrelinhas daserveiras.

É importante ressaltar que, intercaladamente, na erva-mate pode-secultivar feijão, milho, soja, arroz..etc. Apesar disso, a maioria dosprodutores entrevistados e que vinham cultivando a erva-mateconsorciada com culturas anuais, estão adensando e/ou manifestarama intenção de adensar seus ervais em função de acreditarem naobtenção de maior rendimento econômico.

Erva-mate solteira:

0 espaçamento predominante para esse sistema de cultivo e, portanto,o analisado neste trabalho é de 3m x 1,5m resultando na densidade de2.222 plantas/ha. Mesmo com essa densidade, é possível plantarculturas anuais, principalmente, nos dois primeiros anos. Nesse caso,também se considerou os cultivos solteiros e sequenciais do feijão emilho intercalados nas entrelinhas da erva-mate.

O cultivo de eucalipto solteiro:

0 plantio do eucalipto é feito, predominantemente, no espaçamento de3m x 2m, resultando na densidade de 1.666 plantas por hectare.Além das operações de preparo do solo, normalmente, faz-se asdevidas adubações, os tratos culturais e o combate às formigas(Mineira, Quem-quem e Saúva), que são controladas através daaplicação de iscas granuladas, aplicadas logo após o preparo do soloe, se necessário, após o plantio das mudas.0 controle das plantas daninhas é feito através de herbicidas e,especialmente, nos dois primeiros anos, também são realizadascapinas e roçadas manuais no caso dos pequenos produtores emecanizadas nos grandes plantios das empresas reflorestadoras.

REFERENCIAS

SISAF - Sistema de Informação Agroflorestal – EMBRAPA

http://naaunb.wordpress.com/2013/01/18/sistemas-agroflorestais-sucessionais/http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs2.2.2/index.php/cienciaflorestal/article/view/1707/982