Trabalho Completo Universalidade

Universalidade

Imprimir Trabalho!
Cadastre-se - Buscar 155 000+ Trabalhos e Monografias

Categoria: Outras

Enviado por: deboracorrea03 03 maio 2013

Palavras: 502 | Páginas: 3

Universalidade, equidade e integralidade.

Articula-se entre saúde e estrutura social, demanda a identificação de dois vetores: o sanitarismo e os sistemas de proteção social.

O sanitarismo,com predomínio do liberalismo econômico e político no século XIX, defendia a intervenção do Estado. E Os reformadores sociais da legislação sanitária e ações para epidemias. Contemplando a universalidade

Em meados do século XX, propostas políticas públicas de caráter universal, integrantes dos Welfare States. Terceiro tipo de sistema de proteção social conhecido como seguridade social. Supõe a solidariedade da sociedade para a sua manutenção. Apresenta um caráter institucional e o acesso aos seus benefícios e condição de cidadania. No mesmo criou institutos de previdência, e assistência médica. Instituições unificadas, resultando no Instituto de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS). Na Constituição de 1988, foi concebida a Seguridade Social, composta pela saúde, previdência e assistência social, e a implantação do SUS.

Universalidade

Associado à ideia de justiça. O universal é aquilo que é comum a todos. Na saúde, Welfare State defendendo o direito à saúde, reforçaram o princípio da universalidade. O Brasil implantou o Programa de Interiorização das Ações de Saúde Saneamento do Nordeste (PIASS), que se ampliaram por meio das Ações Integradas de Saúde (AIS) e dos Sistemas Unificados e Descentralizados de Saúde (SUDS), incorporando os princípios da universalidade e integralidade.

A Constituição 1988 fez referência ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação da saúde, sendo possível incorporar os direitos sociais á cidadania.

Equidade

A palavra equidade equivalente à igualdade. Visa diminuir as diferenças e as injustiças na oferta de serviços de saúde em função das necessidades de pagamento.Consideram a contribuição de Heller em que equidade corresponde à justiça, admitindo sua definição:aquilo que lhe é devido por ser um membro de um grupo ou categoria essencial.

O SUS tem sido defendido como política, fundamentalmente, universal. O conceito de universalidade não se contrapõe ao conceito de equidade de Perelman. O sistema de saúde, ao ser universal, pressiona em termos de qualidade.

Integralidade

A Integralidade surge como diretriz para a organização do SUS: O atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais, ao lado da descentralização e da participação da comunidade. A ideia de integralidade surge como Medicina Integral ou Comprehensive Medicine. Assim, seria capaz de articular ações de promoção, proteção, diagnóstico precoce, e reabilitação.

No Brasil, a integralidade apareceu através do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher e das AIS.articulação entre prevenção e assistência. A Lei 8.080/90 refere-se à integralidade da assistência, entendida como um conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos. A Reforma Sanitária, Compondo integralidade níveis de prevenção primária, secundária e terciária.

Desigualdades, diferenças e iniquidades.

Diferenças na diversidade no domínio da vida biológica, como a mortalidade entre jovens e idosos.

Quanto à iniquidade, É à injustiça, seja como negação da igualdade no âmbito do político-ideológico, seja como na própria estrutura social.

.